Postagens

Em destaque:

O lado bom de receber spoilers

Imagem
Isto aqui serve mais como um complemento da postagem que fiz discorrendo sobre o quão errado é liberar spoilers de algum filme ou série impulsionado por grande empolgação - o que além de ser uma falta de auto-controle, é também falta de empatia -, pensando somente na própria satisfação adquirida com a experiência. Este texto é um adendo, um parêntese (e eu sou um cara que abusa dos parênteses, reconheço) do trecho onde esperançosamente afirmo que há um lado positivo em ser bombardeado por um spoiler. A maioria dos spoilers de Guerra Infinita, por exemplo, que tenho visto até agora são meramente superficiais, muito embora carreguem um peso de revelação altíssimo (já sei até o final).

O ponto onde quero chegar é: Você lê o spoiler e você acredita que é um beco sem saída. Mas e se ao invés de frustração e desânimo ocorresse um efeito inverso? Isso é possível pelo menos para filmes, séries e desenhos (ocidentais e orientais), pois à livros a coisa é diferente porque se tratando de litera…

O que o visual do novo Broly pode nos dizer sobre a trama do filme de Dragon Ball Super?

Imagem
Há poucos dias foram vazadas algumas imagens referentes ao novo longa-metragem da franquia cujo título (não sei bem ao certo se é ou não provisório) não poderia ser mais explicativo e vai se chamar Dragon Ball Super: Broly. A novidade da vez centra-se no vilão do filme, o "lendário saiyajin", finalmente tendo seu design exposto. Mas o que essas imagens indicariam a fim de termos uma noção básica do que o conjunto narrativo do filme estaria reservando?

Um certo acessório que soa familiar... 


Para qualquer fã sem memória de peixe, é sabido que o velho Broly usava uma espécie de colar que refreava seus poderes, um artefato criado por Paragus. E por falar no pai da montanha de músculos, até onde sei, o seiyuu atual dele (que atua desde 2014 pelo fato do anterior, Iemasa Kayumi, já estar falecido), Katsuhisa Hoki foi confirmado para novamente emprestar sua voz ao personagem. A coleira vista na imagem de uma action figure da coleção do filme somada a citação de Katsuhisa Hoki no e…

Crítica - Dragon Ball Heroes (Episódio 2)

Imagem
O segundo episódio teve seu lançamento ontem, dia 16, no Japão, as 04:30 (fuso horário do Japão conta com 12 horas de diferença em relação ao Brasil) e no meu ver, ao menos até agora, não causou tanto furor entre o fandom comparado ao primeiro, apesar da duração de oito minutos ainda ser um fato que incomoda bastante uma boa parcela de espectadores (que devem estar ignorantes ao caráter da produção). Na review anterior fiz uma reclamação a respeito, mas sugerindo um esticamento de até pelo menos 15 minutos, mas me mantendo na ciência de ser um anime promocional e não é estranho que os episódios tenham essa curta duração. Falando do episódio em si, até que se saiu bem.

Toda a ação concentrada num único espaço (o planeta onde Goku e Vegeta primeiramente foram parar juntamente com Mai) conseguiu proporcionar uma fluidez melhor e um desenvolvimento razoavelmente bom. O ritmo não soou tão atropelado quanto no episódio passado, mas não deixou escapar uma lacuna que se resume à aliança de T…

Crítica - A Sombra do Batman

Imagem
Desviando-se de alguns elementos clássicos, mas com sabedoria.

AVISO: A crítica abaixo contém SPOILERS. 

Lançada diretamente para o mercado home video aqui no Brasil, esta séria animada do morcegão, infelizmente, foi relegada ao mais completo desprezo no que se refere à sua transmissão pela TV fechada. O triste fator do cancelamento repentino a coloca como o "The Lost Canvas" das animações da Warner (falando por mim, obviamente) tendo apenas 26 episódios produzidos entre 2013 e 2014. Até bati o olho na thumb de um vídeo no Youtube - durante uma pesquisa básica - questionando se era ou não o pior Batman. Bem, respondendo diretamente: Não é pra tanto.

Há pelo menos duas animações do Batman que ainda não pude conferir (acho que Bravos e Destemidos e o desenho de 2004, acho que vou seguir nessa ordem) então não tenho muita propriedade (ainda) para dar meu veredito de qual seria a animação que mais deixou a desejar até agora. Sombra do Batman, contudo, aproxima-se desse status, ma…

Capuz Vermelho - Melhores frases de "Programa de supervisão" (4x16)

Abaixo estão alguns trechos selecionados do décimo-sexto capítulo da temporada onde Rosie e Hector ajudaram uma dupla de jovens caçadores para adquirirem experiência de campo na arte de encarar frente à frente o sobrenatural:

1 - É assim que se faz

General Hol: Vannoy e eu tivemos e não faz muito tempo que nos empenhamos em supera-las. Chega de disputar egos.

Walter Vannoy: A carta que eu enviei serviu pra alguma coisa.

2 - Todo mundo é crítico 

Ramona: Conta pra gente, Rosie. Qual é a desse capa, capuz, manto? Sem querer soar grosseira, mas... eu não sairia de casa com esse modelo.

Rosie: Ahn... bem, no meu caso, é algo bem mais pessoal. Coisa de família. Uma herança... do meu pai.

Elliot: Você é estranha e isso é bom.

3 - Retruca essa agora!

Hector: Para uma investigação prática envolvendo mais de duas pessoas é sugerível que as informações sejam buscadas por cada um. Em outras palavras, nos separamos para depois somarmos o maior número de evidências possível. Averiguações, interrogat…

Os 5 mandamentos de como ser um blogueiro impopular (Tutorial INFALÍVEL)

Imagem
AVISO: Essa não é uma lista séria. Tá, digamos que um pouquinho, mas foi feita com viés humorístico e de auto-tiração de sarro com reforço de ironia. Só esclarecendo pra quem tiver déficit de interpretação e fraco senso de humor a fim de evitar que eu receba "liçõezinhas de moral" que dizem que eu preciso me arriscar, pensar grande, fazer algo pra mudar, sair dessa zona e ir buscar desenvolver minha popularidade em vez de ficar parado "reclamando" do meu status quo... Eu sei disso! Mas essa vida é muito curta pra levar pequenos problemas tão a sério. Vamos rir mais (principalmente de nós mesmos)!

1º Mandamento: 

Direcione o conteúdo do seu blog à leitura. Não importa do que seja, podem ser contos, creepypastas, textos de opinião acerca de inúmeros assuntos e até amostras de TCC. Esse é o princípio básico de não atrair um bom número de visitantes ainda mais no Brasil com sua cultura da preguiça de ler e, claro, em plena era dos Youtubers que estão praticamente domina…

Capuz Vermelho #56: "Programa de Supervisão"

Imagem
"Mal se completou um ano desde que mergulhamos de cabeça nesse projeto e já somos colocados para ensinar. Minha inclinação pra liderança não significa que vou me dar bem nessa relação de mestre e discípulo. Mas se é para ajudar dois seres humanos a alcançarem seus sonhos agora que estão tão próximos... é, isso sim torna a missão mais agradável, embora eu realmente sirva mais como apoio moral, eu sempre faço o lado mais psicológico da coisa."

                                                                      Trecho do segundo diário de Rosie Campbell - Pág 30.

  _______________________________________________________________________________

North Yorkshire 

A luz fria do luar estendia-se por boa parte do território daquela fazenda vasta. Um funcionário responsável pelos serviços gerais passeava calmamente, deixando pegadas pela terra úmida, segurando uma forquilha como sempre temendo os ladrões que ameaçavam roubar algumas galinhas. O canto dos grilos soava como trilha sono…

Que Yamoshi nada! É Broly canonizado no filme de Dragon Ball Super! 😱

Imagem
O impensável se concretizou. Pois é, pegando a todos de surpresa, foi soltada uma notícia de que titio Akira tornou o sonho de muitos fãs em pura realidade. Anteriormente as palavras Broly e canônico não se ligavam da maneira factual, mas agora que o Toriyama-sensei decidiu incorporar o personagem ao novo filme da franquia as coisas são bem diferentes. Por falar em diferença, não se deve interpretar a canonicidade bombástica do personagem à obra como se significasse que aqueeele Broly dos antigos filmes non-canon é o que estará sendo trabalhado no enredo do longa. A resposta é: NÃO. O Broly que o fandom venera não é o personagem que será abordado. Dando minha opinião honesta sobre a versão anterior, preciso dizer que o Broly daquela época era um personagem tosco, estupidamente raso e com uma motivação de conflito escabrosa de tão forçada (sério que haja quem considere a premissa dos choros do bebê Goku incomodarem o bebê Broly uma razão esplêndida que justifique o ódio do "lendá…