Postagens

Em destaque:

Personagens que representam os 7 pecados em Dragon Ball

Imagem
Sem delongas e lenga-lenga, vamos direto ao que interessa. Esta divertida lista reúne personagens da obra de Toriyama-sensei que, em minha perspectiva, se encaixam adequadamente nos triviais sete pecados capitais. São eles: Goku, Mestre Kame, Boo, Vegeta, Freeza, Bills e Zamasu.

Confira:


Goku - Gula


Um dos mais evidentes, senão o maior. Son Goku, como um saiyajin em constante aprimoramento de seus poderes em vários treinos a fio, possui uma fome quase insaciável que pode servir como um tipo de recarga para sua disposição e muitas vezes já o vimos se queixar de estar morrendo de fome durante a série. Deve ser por isso que a Chi-Chi insistentemente o manda trabalhar, o cara come tanto que leva à esposa à falência. Ademais, sua fome não se limita meramente à comida, Goku, como sabemos, é um verdadeiro fanático por lutas e talvez seja essa a sua maior fome: combater oponentes mais fortes para o seu próprio deleite, independente das circunstâncias.


Mestre Kame - Luxúria


Este é muuuito óbvio…

Sob uma estrela de azar

Imagem
Agora os desabafos que vez ou outra surgirem nesse espaço quase não-frequentado serão desprovidos de tons poetizados. Basta. Chega de lamentações naquele estilo. É algo que não funciona mais comigo, se é que um dia funcionou realmente. Venho por essa postagem para decretar luto indeterminado pela minha esperança que padece a definhar. Dizem que ela é a última morre, né? Nessa loucura de casos e acasos, às vezes isso nem sempre é assim. O que está acontecendo? Me fiz tanto essa pergunta na última semana. Sabe aquele turbilhão confuso de sentimentos que eu falei noutro post? É, talvez não, o Universo Leitura é um fantasma tal qual o criador dele que por mais que saiba desenvolver conteúdo não tem a menor noção de como anuncia-lo eficientemente.

Esse turbilhão... ele persiste, ele se prolonga, ele maltrata... ele continua aumentando. Eu sou um questionador nato. Anseio por respostas para todos os meus problemas. Não estou sendo muito direto, então vou ser bonzinho com quem pode estar le…

Baú Nostálgico #26: Rocket Power

Imagem
ANTES

Após o maior clássico da Nickelodeon ser destrinchado, retiro do baú esta outra preciosidade do canal que marcou época, embora não tenha repetido o feito das aventuras da esponjinha serelepe. Uma série tão singular como Rocket Power tem seu valor dentro de toda uma nostalgia que se concentra em lembranças de uma exibição passageira na TV em seu período de estreia. O cotidiano de quatro amigos apaixonados por esportes radicais (skate, surf e ciclismo eram frequentemente vistos) embalado por situações cômicas, atrapalhadas e com traços de seriedade em alguns momentos, assim pode-se sintetizar em poucas palavras o que era Rocket Power. Otto, Reggie, Twister e Sam. Eu só sabia os nomes dos três rapazes. Talvez Reggie não tinha se saído tão expressiva à minha perspectiva, por isso foi ignorada em quase todos os episódios que conferi na Globo - se não me engano a série veio no mesmo pacote com Bob Esponja em idos de 2003 ou 2004 e me recordo muito bem de ambos os desenhos estarem lado…

Capuz Vermelho - Episódio Zero #2: "Crannon"

Imagem
Relato autobiográfico - Capítulo 21: As noites de lua cheia não são mais as mesmas.

O que fiz da minha vida a partir de quando comecei a me submeter a uma devoção inexplicada é algo que talvez nem os deuses - se existirem - podem me responder. Era manhã. Dia comum de trabalho. Ou ao menos deveria ser em um todo. Robert Loub, meu melhor amigo e exímio profissional na área de biologia humana, me veio com uma cartilha infantil jogada sobre a minha mesa. Aquilo desfocou meu campo de visão me fazendo perder o fio da meada durante a escrita de um dos primeiros capítulos deste livro. Sinceramente, eu odeio quando ele dá aquele sorriso presunçoso, era uma das poucas coisas nele que deixava minha bile instável. Escondi o papel, era um rascunho, e disfarcei inutilmente. Bem, sorte que ele não era desses amigos grudentos e exageradamente curiosos.

Perguntei porque tinha me entregado aquilo. Na verdade, o centro da pergunta foi se ele bebeu na noite passada e inventou uma "fórmula mágica&qu…

The Flash virou uma auto-paródia

Imagem
Pronto, falei. Mas dizer só isso não basta. Preciso manifestar o meu pior temor referente a uma das séries outrora mais promissoras da DC/CW que começou bastante firme e fluida em seu primeiro ano como uma série que, apesar dos defeitos, você pode bater o olho e confirmar: "Esse aí é o Flash!". Da última metade da segunda temporada até o quinto episódio da atual quarta temporada é tristemente perceptível que as qualidades que ela primava em seu começo desapareceram. Em suma (e digo isso com muito desgosto, como fã do personagem): The Flash se perdeu. Não se vê vestígios da The Flash de 2014-2015. Tudo bem, toda série tem sua 7ª temporada de Supernatural. Mas neste caso em especial, a série do velocista escarlate sofre de uma séria e precoce crise criativa. Todo o marasmo que permeou a terceira temporada deu lugar a uma comicidade pressionada e nada convincente.

Foi com este episódio, com proposta decente mas execução falha, que meus olhos foram abertos para a situação real …

Nem tudo é o que parece #49

Imagem
Andava sentindo minha casa um pouco vazia, meio pra baixo, então resolvi ir comprar um bichinho de estimação numa loja recomendada por um cartão que, por sorte e coincidência, achei largado na rua. É tudo muito estranho o que acabei de perceber, mas estou tentando entrar em contato com os responsáveis e ver se minha dúvida cruel é respondida. Continuo mantendo distância dele.

Paguei uns duzentos e pouco por um gatinho siamês com pouco mais de 10 meses de vida. Ele já tinha um nome quando cheguei lá, era Morfinho. Foi a filha dos donos do Pet Shop que deu esse nome por um motivo que ela iria revelar, mas foi interrompida e repreendida por eles dizendo pra ela parar de ser uma linguaruda na frente dos clientes. O que havia de mal nisso?

Enfim, levei o Morfinho numa gaiola meio enferrujada, era a última do estoque. No caminho, eu fiquei alimentando uma curiosidade tremenda sobre a história daquele gatinho, como ele foi parar lá, se foi adotado, se era filhote de uma linhagem de gatos na…

Baú Nostálgico #25: Bob Esponja

Imagem
ANTES

Já era tempo de fazer uma edição destacando a esponjinha mais tagarela, mais serelepe, mais otimista e mais cômica dos desenhos animados. Bob Esponja, aliás, já estava reservado para essa vigésima quinta edição há algum tempinho. Acho que não é difícil perceber um certo padrão - aos gasparzinhos que acompanham -, mas vou falar aqui sobre: Números que considero importantes (10, 20, 30 e etc) serão atribuídos à desenhos e séries que imprimiram fortes marcas, que emplacaram e que se tornaram clássicos imortais. E porque não Bob e sua turma serem vistos de tal forma?

Fico entre 2003 e 2004 sobre o ano de estreia do desenho na sua casa de longeva permanência, a nossa querida GloboBOSTA . Na verdade, a TV Globinho foi a casa onde Bob Esponja foi o morador que fez barulho por muito mais tempo que outras produções que já moraram e foram despejadas dessa pensão que foi demolida em 2012. Ao lado de Três Espiãs Demais, eu diria que foi o desenho com maior número de reprises na emissora em …

Frank - O Caçador #10: "A Besta de Vanderville"

Imagem
Confessionário: 

Que alívio finalmente poder dizer: O grande dia chegou. Só tenho a agradecer imensamente ao seguidor ou seguidora Magia_Implacável por ter me fornecido as coordenadas que conduzem à localização da bala. Elas não existem nos arquivos do meu pai, pois, em teoria, ele não desejava que eu fosse parte do legado e acabasse sofrendo o mesmo destino no futuro. Não queria que o desejo de vingança subisse à minha cabeça. Mas meses atrás conheci uma amiga, a qual tem bastante em comum comigo apesar da experiência dela ser limitada, que me ensinou uma lição importante e esclarecedora. Às vezes a vingança pode ser considerada justiça quando a razão realmente pede por isso, quando se tem uma motivação contundente para fazer o que é certo. Depende muito do contexto. A vingança movida à raiva é vazia. A vingança movida apenas pelo luto é justiça. Agora tenho dois trunfos para realiza-la e só vai bastar um único tiro. Mais do que o legado, é pela vida do meu pai. 

Esta será... a minha ú…