Postagens

Mostrando postagens de 2016

Meus 5 melhores contos

Imagem
E finalmente entrego ao blog a (não) tão tardia lista com os cinco melhores contos já escritos e publicados neste espaço. Só deixando claro que aqui não se incluem os contos pertencentes às séries Nem Tudo É O Que Parece e Contos do Corvo. Quanto a isso, posso até, talvez, um dia, redigir uma lista de melhores para ambas, mas tende a esperar. "Ah, Lucas, você só anda fazendo lista de 5 isso, 5 aquilo... porque não 10 logo?". Não tem nada demais nisso, afinal o blog só tem 2 anos (quase 3) de existência, e o número de histórias publicadas neste período não é o bastante para fazer seleções que caibam em 10 posições, não porque são poucos (e não são), mas pelo fato de realmente saber determinar se aqueles contos são mesmo dignos de estarem incluídos, então é um pouco difícil nesse caso. Sendo assim, por enquanto pode-se dizer que esta é uma lista preliminar - pois certamente tentarei fazer mais contos que se igualem aos citados abaixo em serem marcantes. A proposta consiste em…

Beleza Interior

Imagem
O fato que muitos trataram como fatalidade me soou como uma libertação. Sou um homem livre. Não sei como tive saco para aguentar todo aquele dramalhão de discursos homenageantes, cerimônias tradicionais e ultrapassadas. Minha esposa, por exemplo, segurando uma foto minha e colando-a sobre o caixão em seguida.

Isso me deixou inconformado, mais do que todos ali presentes. Não fazia muito sentido assistir o próprio sepultamento defendendo fortemente uma ideia que muitos recusavam-se a compreender por inteiro. Eles mal sabiam. Ela, minha esposa, chorava sobre um corpo vazio, uma carcaça decrépita e frágil.

Fui um excelente professor de filosofia. A ideia de estudar o exterior e interior do ser humano me fascinava. Este é quem sou agora. Meu verdadeiro eu. A pele, a carne, o sangue... De que valem, afinal?

Sinto a grandeza da alma humana. É indescritível. O que tanto suspeitavam era real.

O exterior é efêmero e vão. Se esta condição não limitasse tanto, iria bradar as multidões tudo aquil…

Há dez anos...

Há dez anos, eu senti que possuía uma espécie de segunda família.

Há dez anos, parti de um lugar para talvez nunca mais voltar.

Há dez anos, tive a certeza de ter amigos reais e leais ao meu lado.

Há dez anos houve uma festa. Por receio, quase não fui. Realmente fazia questão de não comparecer. Mas estive lá. Quando a diretora chamou para o "palco" os alunos que mais marcaram a história daquela escola, meus pés travaram, minha garganta deu um nó, meu coração palpitou, minha pele se eriçou. Eu devia estar lá ao lado deles, mas me limitei a assistir sentado. Mas eu estava presente, embora não da forma correta.

Há dez anos, me orgulhei em ser parte daquela história, em estar no meio daquelas pessoas.

Há dez anos, absorvi um aprendizado fundamental e essencial para minha vida toda.

Há dez anos, tive meu uniforme assinado por eles, em demonstração pura de amizade, um significado que hoje não me ocorre mais com tanta intensidade.

Há dez anos, não tive tempo de agradecer, mas eu m…

Baú Nostálgico #5: Yu-Gi-Oh!

Imagem
ANTES

Em alguma manhã do ano de 2002, acabei por deparar com meu segundo amor a primeira vista enquanto curtia a (atualmente) morta e enterrada TV Globinho (na época, já sendo veiculada como programa independente e não parte integrante de outro), sendo fisgado por uma trama que me manteria viciado por uns bons longos anos. Sendo franco, a experiência marcou mais pelo meu divertimento em relação aos cards do que pelo anime em si. Até hoje acho uma pena a série ter sido retirada do ar por reclamações de pessoas que adoram apontar a existência/influência do capiroto em obras fictícias, e sei que Yugi e cia não foram os únicos a serem oprimidos por essa legião de imbecis. Em contrapartida, felizmente, haviam os card game para preencher o "vazio".

Tive contato primário com eles através de um álbum de figurinhas, no qual Yami/Yugi era capa (e na contracapa, o que é justo pelo sucesso que o anime fazia na época) e nesse álbum em especial não pareciam haver outros desenhos também fa…

5 contos meus que foram cancelados

Imagem
Assim como houveram os fiascos narrativos colecionados nesta difícil jornada literária, há também aqueles que nunca vieram a ser concluídos ou escritos. Este quinteto seria publicado aqui mesmo no Universo Leitura. Porém, razões de força maior surgiram para barra-los na fila e, assim, dar lugar a outros que mais necessitavam por terem maior prioridade e urgência de publicação. Não significando, é claro, que tais histórias seriam dignas de figurar num ranking de melhores. Algumas são tão questionáveis que acredito ser válido julgar a condição delas como sendo correta.

Confira abaixo alguns comentários sobre os contos que jamais viram/verão a luz do dia:


1 - Passeio pelo Desconhecido

Breve sinopse: Um garoto do colegial resolve deixar de se inscrever para uma excursão de sua classe. Mas ao descobrir fatos acerca do ônibus amarelo que conduziria os alunos, ele toma a iniciativa e volta atrás sendo movido pela curiosidade. Acontece que o tal ônibus, num passado não tão distante, levou um …

7 momentos mais engraçados de Bob Esponja

Imagem
E mais uma lista no estilo Top surge por aqui, mas desta vez sendo Top 7 e com algumas cenas selecionadas sobre os momentos mais engraçados/hilários/divertidos deste verdadeiro clássico da finada da TV Globinho.

Confira abaixo uma seleção com as melhores cenas do desenho protagonizado pela esponjinha antropomórfica mais carismática do mundo das animações.


7 - CHOCOLAAAATEEE!!! 



Em "Chocolates com Nozes", Bob e Patrick resolvem empreitar no ramo de vendas para tornarem-se ricos, indo de porta em porta comercializando barras de chocolates. O primeiro cliente parece ser um simples morador comum da Fenda do Biquíni, mas o que os dois não esperavam era que o cara acaba tendo um surto psicótico, repetindo a palavra "chocolate" como se estivesse num transe. O maluco persegue a dupla gritando estridentemente... para só no final se mostrar gentil em comprar uma barra. Ou seja, o surto parou logo quando os dois já estavam convencidos de que ele era um maníaco insanamente vic…

Sugador

Imagem
Quem é você, afinal?

Que espera eu deitar na cama e fechar os olhos até meu corpo e minha mente renderem-se à sonolência que pesa sobre os olhos, inevitavelmente.

Você que supostamente me observa de algum canto extremamente obscuro. Talvez eu passe por você, não importando onde, e lhe atravesse, pois não consigo vê-lo.

Imagino você parado e paciente em sua vigília. Só não entendo algo: Por que escolhestes logo hoje para finalmente atacar minha mente? Frustrado por não tocar meu corpo? Quem é você?

Dava indícios de sua existência e presença na minha vida, mas somente agora resolveu invadir as entranhas do meu subconsciente. Como saístes vivo ou ainda são? Isso aqui é um show de horrores.

Então, como algo aparentemente frágil fisicamente como você duraria mais segundos do que eu consigo me suportar? Será que, de alguma forma, criei você inconscientemente? Será que você quer voltar para casa e tentou fazer aquilo para demonstrar sua raiva por achar que estou o impedindo?

Só tenho uma co…

Admirador Oculto

Imagem
Acordei hoje dando de cara com as paredes mais rachadas, descascadas e envelhecidas do que pareciam quando eu e meu marido decidimos compra-la a um preço justo há cerca de 2 anos. Bem, se ao menos as rachaduras fossem o único problema... Ai droga, ele vai surtar se ver essa bagunça toda!
Me xingar de todos os nomes possíveis, sempre quando chegava bêbado ele fazia isso, ainda mais quando ele passou a ficar desempregado. Na verdade, atualmente ele anda enfurnado dentro de casa, um completo recluso, sempre bebendo moderadamente diante da TV, vendo o mesmo programa no mesmo horário e sentado na sua poltrona favorita, um item inseparável que começo a acreditar que ele ama mais aquela mobília velha e fedendo a suor e álcool do que a mim.

Estou seriamente preocupada com ele. O desemprego o fez ficar estável de uma maneira triste. Quando vamos para cama, não conversamos mais animadamente como nos velhos tempos, além disso mal me dá atenção na maior parte do tempo. Sempre sério, ele desenter…

5 curiosidades sobre Capuz Vermelho

Imagem
Demorou um pouco, mas aqui está, finalmente, a lista com as cinco principais curiosidades sobre uma das melhores séries que escrevo para o blog. Em apenas 3 temporadas, Capuz Vermelho tornou-se a série detentora do universo mais vasto já apresentado em comparação as demais séries do UL e sua gama de elementos se estende a cada novo lampejo criativo, o que faz-me defini-la como um "crossover de mitologias" devido ao imenso acervo que ela desenvolveu em tão pouco tempo. Ué, mas acho tão nada a ver o nome Capuz Vermelho numa série que aborda seres tão poderosos como deuses". É algo a ser mais explorado num dos itens abaixo. Mas explicando o título: Remete à personagem principal, Rosie Campbell, que usa o manto vermelho antes pertencido a seu pai. E a maioria dos conflitos principais giram em torno dela. Contudo, outros personagens também recebem seus devidos destaques, Rosie não é o centro de tudo o tempo todo. Além disso, foi a primeira série a ganhar uma Enciclopédia qu…

Mais detalhes dos novos spin-offs da Saga Ceifador

Recentemente confirmei a produção de novas histórias para a expansão do universo da saga e cá estou trazendo mais informações a respeito dessa volta ao passado dada pela obra com o objetivo de explorar as origens dos personagens no formato de uma série (não exatamente uma série, mas para mais detalhes sobre a diferença entre uma série independente e uma série gerada por uma saga basta acessar a página onde se encontram minhas histórias organizadas - renomeada para Biblioteca).


A estreia

Ocorrerá em algum momento de Janeiro que vem, provavelmente.


A quantidade de capítulos

Ao todo, serão 25 capítulos, cada um deles com histórias únicas de cada personagem. Haverá ausência de diálogos em determinados capítulos.


O título

Se chamará apenas Ceifador: Origens Sombrias.


Alguns dos principais elementos 

O criador das Relíquias Universais será peça fundamental para o desenvolvimento do capítulo que abordará como os poderosos itens foram forjados. Já Brakmor, grande vilão de A Trindade do Apocalips…

Baú Nostálgico #4: Pokémon

Imagem
ANTES

Vagas e nebulosas recordações me dizem que a série dos monstrinhos de bolso foi um dos primeiros animes que vi, se não o primeiro - mas aí eu já meio que duvido. Diria que meu contato primordial com a franquia ocorreu por meio de uma nostálgica promoção do Guaraná Antártica, onde vinham aquelas miniaturas de pokémons dentro das "pokebolas". Isso, se não me engano, no ano de 1999 (ou 2000, não lembro bem ao certo). Acho (só acho mesmo) que só fui conferir o anime (uns poucos episódios ou eram cenas avulsas) um ano depois no programa da Eliana na Record, naquela guerra da audiência contra Digimon - que só tive contato pouco tempo depois ou no ano seguinte, 2001, com as reprises no sábado veiculadas no extinto Festival de Desenhos. Algumas (poucas) miniaturas encontram-se preservadas em estado relativamente aceitável (pra não dizer com algumas partes faltando rs).

Em 2004 (achismo de novo) a Globo exibiu a temporada Master Quest da geração Johto e um pouco do início da ge…

Meus 5 piores contos

Imagem
E cá estou novamente com mais um post tapa-buraco uma lista, e desta vez apresentando alguns de meus fiascos como escritor de histórias originais (muitas delas abordando o terror/horror), pois não seria muito justo tratar disso apenas com as fanfics. Afinal, minha fase de iniciante teve seus percalços e os resultados menos agradáveis acabaram me marcando de certa forma, mas o sentimento de frustração, por mais natural que fosse, não se mostrou tão intenso quanto eu esperaria, pois tais fracassos não me fazem ter vontade de cortar os pulsos ou me sentir um lixo nesse ramo. Talvez uma pequena perseverança me deu um empurrãozinho, aquela vontade de tentar repetidas e repetidas vezes pode ter servido para abrandar essa frustração.

Assim como minhas ficções de fãs mal-sucedidas, possuo certos contos originais que também não vingaram ou não tiveram uma boa receptividade (minha e público).

Confira abaixo:


1 - A Dama de Preto

Conto escrito em 2013 e meio que funcionou como um teste para me au…

Capuz Vermelho (Especial): "Deuses e Monstros"

Imagem
AVISO:
*Se ainda não leu nenhum capítulo desta série ou uma temporada inteira, sugiro que não prossiga a leitura, pois pode acabar se deparando com SPOILERS.

                   _________________________________________________________________

Notas iniciais: 

*Este capítulo especial aborda, de forma mais detalhada e aprofundada, a linha temporal alternativa na qual Rosie mantém sua decisão irrevogável quanto a proposta oferecida por Yuga. Tal irrevogabilidade desencadeia eventos que favorecem a vitória de Abamanu que triunfa sobre a Terra juntamente aos seus subordinados (soldados quiméricos e miméticos nível Beta), causando o decaimento gradual da humanidade. Em "Sinais do Fim (3x07)", Áker, inesperadamente, surge para Rosie quando a jovem se preparava para ir a uma reunião importante no QG do Exército Britânico, e, discretamente com os dedos, desenha um sigilo dimensional na parede do quarto enquanto conversa com Rosie, ativando-o com um estalar de dedos em seguida, mandan…