Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 10)

Imagem
10º DIA: CONFUSÃO E DESCRENÇA

Rachel não foi à faculdade hoje, mas telefonou para mim pelo novo número do fixo me dizendo estar deprimida pela partida repentina do irmão. Não, ele não está morto. Apenas saiu escondido de casa sem deixar nenhum bilhete, nem nada como aviso para informar o lugar. O restante da família reside fora do país, mas ela acredita que ele permanecerá no estado ou vai se mudar para outro, pois sabe que ele não tem a mínima condição atualmente de viajar para o exterior.

O guarda-costas só foi autorizado a me escoltar na ida à universidade e no retorno, sempre de carro. Enquanto ele ficou na sala vendo TV há algumas horas, eu saí pela janela e me direcionei a uma cabine telefônica para contatar o irmão de Rachel. Em vão. "O número que você ligou está fora de área ou não existe". Ou seja, ele trocou de aparelho. Em resumo: Ele fugiu! Em outras palavras, ele é meu salvador! Como não pude pensar nisso antes!? Quero muito, mas muito mesmo não pensar na possib…

Capuz Vermelho - A Enciclopédia: Vilões humanos

AVISOS:

*Não veja esta postagem se ainda não leu nenhum capítulo desta série ou uma temporada inteira. Caso o contrário, poderá se deparar com SPOILERS.

*Esta postagem será atualizada conforme o universo da série for se expandindo.

    ______________________________________________________________________________


Eles não são dotados de habilidades sobrenaturais, mas conseguem atingir seus objetivos com diferentes recursos que os tornam verdadeiras e temíveis ameaças aos heróis tanto quanto os seres sobre-humanos. Portanto, nada de subestimar a capacidade e a implacabilidade destes "meros mortais".


Robert Loub

Temporadas: 1 e 2.

Fora o vilão principal da primeira temporada da série. O aposentado Red Wolf pode não ter tido participações longas na maioria dos capítulos, mas já aprontou várias travessuras odiáveis.

Suas mais conhecidas atrocidades foram:

- Ter se relacionado amorosamente com Alexia por determinado período de tempo somente para explorar o dom premonitório da jov…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 9)

Imagem
9º DIA: DESCOBERTA CHOCANTE

04/07/2014

OBS: NÃO LEIAM ESTA PÁGINA SEM ANTES DE VER AS ANTERIORES. PARA ISSO A SENHA DO COFRE É: *******

Não tenho mais celular, mudamos o número de telefone da casa e meus pais contrataram um vigia particular para nossa casa e um guarda-costas para me escoltar quando eu for à faculdade, na ida e na volta. Meus amigos me perguntaram hoje à tarde, durante o intervalo, sobre o porque de eu estar sob a proteção de um brutamontes. Deixei a situação bem clara para não fazer brotar nenhuma semente de desconfiança. Não de forma demasiadamente completa... mas creio que os convenci. Caíram no meu mais novo conto: Estou recebendo ameças por telefone de um desconhecido que pode estar me seguindo disfarçado.

Além disso, menti para meus pais sobre ter queimado o diário. Minha mãe decretou que vai inspecionar meu quarto todas as tardes, justo o horário em que estou na faculdade. Já havia me antecipado à essa possibilidade, então pus a mão na massa e comprei um cofre - …

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 8)

Imagem
8º DIA - SÃ E SALVA... POR ENQUANTO

03/07/2014

Aqueles desgraçados... Por onde será que eu começo? Tudo bem... o pior já passou... ou pode vir a começar nas próximas horas. Neste momento, estou em casa. Eu devolvi o livro, o Sacrifitorum, para um dos membros do grupo. De início, tudo ocorreu como esperado. Com exceção de eu ter chegado primeiro no ponto de encontro. E de ter sido pega de surpresa por mais dois deles. Me agarraram, me fizeram inalar clorofórmio e puseram um saco de veludo para cobrir minha cabeça. Quando despertei, me vi amarrada por correntes num lugar sujo e imundo, sentindo um cheiro pútrido torturar meu olfato por horas.

Estava muito zonza, muito incapacitada fisicamente para me dar ao trabalho de analisar todo o lugar. Só lembro que dormia e acordava por breves períodos e em instantes de despertar eu só via formas humanas vestidas de preto confabulando sobre algo que eu senti ser de meu interesse. O livro. Como consegui escapar? Deve haver alguém suspeito por lá...…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 7)

Imagem
7º DIA - ELA SE RENDEU AO MEU ENCANTO

02/07/2014

Em outras palavras, nós a pegamos. Muito bem, casal Hattori, preciso que leiam com atenção este bilhete escrito nesta página arrancada que pertence à um diário no qual a filha de vocês manteve secreto até agora. A razão de seu sequestro se deve ao fato do roubo de um item nosso. Sendo mais específico, um livro extraordinário e valioso. Como obtivemos acesso ao diário e à localização de vocês? Simples, já sabíamos. Um dos nossos seguiu Vicky desde o colegial e passou a coletar dados com bastante diligência. Por uma razão que, por enquanto, deve permanecer desconhecida à vocês.

Decidimos atacar no momento certo. O plano funcionou perfeitamente. Ela tem demonstrado todos os sintomas como esperávamos que aconteceria. Hoje pela manhã um dos meus foi a um encontro marcado por ela em uma troca de mensagens de voz no celular ocorrida há dois dias. Sabia que ela suspeitaria sobre a diferença de vozes. Eu fiz uma troca de membros e um se passou pe…

5 curiosidades sobre a saga O Ceifador/Trindade do Apocalipse

Imagem
Há cerca de 3 anos estava eu diante do ecrã do PC imaginando uma trama interessante para meu primeiro conto de terror a ser publicado na internet, isto, claro, meses antes de eu iniciar o Universo Leitura. Na época (2013) eu era usuário do site Minilua.com e como não fazia muito tempo desde que criei uma conta por lá, resolvi participar da série "Contos Minilua" onde os usuários enviavam suas histórias, muitas delas majoritariamente do gênero Terror. "O Ceifador" - sua primeira parte de três - foi publicado meses depois por lá e por aqui ele surgiu em Junho de 2014. Ainda em 2014, criei seu spin-off intitulado "A Trindade do Apocalipse" - também dividido em três partes - , o qual descreve os eventos subsequentes da trilogia anterior.

Listei abaixo algumas curiosidades a respeito dessa saga que marcou meu desenvolvimento como escritor, cujo texto inicial serviu como pontapé para me motivar a seguir testando minha capacidade narrativa investindo em tramas …

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 6)

Imagem
6º DIA - ANSIEDADE INCONTROLÁVEL

01/07/2014

Meus pais começaram a notar pequenas mudanças na minha compostura, me olhando com uma estranheza reprimida e forçada, como se eu tivesse me tornado um monstro. Estão me achando mais... pálida. Tem uma coisa que esqueci de dizer (sobre o dono do livro): Ele mesmo teve a ideia de não me enviar mensagens até o dia da devolução. Aliás, não era o dono, pois, como disse na página anterior, eu percebi o tom mudar após eu expor meus termos.

As visões ficaram mais intensas. Não sei mais o que fazer... tem horas que eu quero gritar ou fechar os olhos e quando abrir ver que tudo isso acabou. Está uma loucura. Além de ver sombras de mortos, escutar vozes alteradas e ter alucinações macabras, agora posso ver a expectativa de vida das pessoas. Que legal... só que não. Minha noção de realidade já anda bem ferrada ultimamente e me aparece isso. Consigo ver nas auras das pessoas... Se a aura está numa coloração azulada clara significa que ela tem bastante tem…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 5)

Imagem
5º DIA - CONFISSÕES E PACIÊNCIA

30/06/2014

Hoje pela manhã liguei para o irmão policial de Rachel... e fui uma tola ao disparar toda a merda que estava acontecendo na minha vida antes de ouvir a resposta dele. Infelizmente, ele está indisponível, pois sua carga-horária não permite, é impossível ele largar o trabalho para me fazer o favor, nem para dar uma desculpa ao chefe. Pena que nunca saberei como é sua verdadeira voz. Já explico: É essa anomalia sinistra que está tomando conta de mim, física e psicologicamente, me fazendo lidar com uma realidade distorcida pela minha própria perspectiva. Começo a chorar sempre que começa... Na verdade, a voz dele saiu diferente... macabra, eu escuto as vozes dos outros com tons assustadores e graves, é horrível! Apenas a minha voz eu ouço normal.

Agora ele, o irmão de Rachel, sabe absolutamente o que anda me atormentando. Não deu muito crédito por ser anormal demais. Afinal, quem levaria a sério o drama de uma garota de 23 anos ameaçada de ser mor…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 4)

Imagem
4º DIA - SEGUNDAS INTENÇÕES

29/06/2014

E não é que, surpreendentemente, ele aceitou meus termos?! Obviamente, não vou soltar o nome dele aqui como se não tivesse ciência dos riscos, mas ele me revelou sim seu nome e marcamos o encontro (eu decidi isso, lógico) para daqui há 2 dias. Um espaço de tempo relativamente curto para eu elaborar algum tipo de plano de contingência, no caso dele estar armando uma cilada pra me encurralar depois que reaver o livro, então vou manter cautela por via das dúvidas - só uma pena eu ter de faltar a aula de violino nesse dia. A troca de mensagens foi tranquila. Ele cessou as ameaças, concordando com minha posição. Ele realmente estuda na Universidade ********** e esteve na calourada. No entanto, notei algo diferente. Não foi muito esperto, aquela altura, enviar mensagens por voz.

O tom de voz estava diferente em relação à anterior, que era soturna, mais intimidadora. O filtro era o mesmo, mas as respostas dessa "segunda voz" eram mais... digamo…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 3)

Imagem
3º DIA - ALERTA VERMELHO

28/06/2014

Desde a calourada tenho me sentido um pouco fora de mim, como se... eu estivesse dividindo minha mente e meus pensamentos com outra pessoa... telepaticamente, sei lá. Agora há pouco, pude sentir o ar se tornar mais gélido, mas isso não foi tudo. Estou assustada. Aquelas mensagens? É o de menos. Caí na besteira de lê-las. Minha grafia está um pouco irregular, não estranhe, pelo fato de eu ter quase enlouquecido de horror faz alguns minutos. Meus pais não leem meu diário... nem são muito invasivos, ainda bem.

Pra começar, o dono do livro ameaçou fazer coisas bárbaras comigo, dizendo saber onde meus pais moram e que iriam mata-los caso eu não devolvesse. A ameaça veio depois, depois da primeira mensagem que foi mais "amigável". Eu tenho um prazo para a devolução, é uma questão de vida ou morte, a segurança dos meus pais, de todos que conheço está por um fio. A última mensagem foi em voz, com um filtro sinistro, enviada há dez minutos, repetind…

Crítica - Dragon Ball Super (Arcos 3 e 4)

Imagem
E cá estou, mais uma vez, com mais uma tardia review, desta vez expressando minhas opiniões a respeito da terceira e quarta sagas do inconstante Dragon Ball Super, como eu já havia deixado meio que subentendido nas reviews do post anterior publicado em Fevereiro deste ano, quando falei sobre não achar muito confortável acompanhar o anime com um episódio por semana, que aguardaria a saga terminar, deixar passar mais alguns meses, enfim foi o que fiz. Não sei bem ao certo se a atual saga (Mirai Trunks/Goku Black) já chegou em seus meados, mas, pelo visto, esta fase mais suavizada da série aparentemente não pretende esticar arcos para além de, por exemplo, uns 20 episódios ou um pouco menos. Após uma pausa de, mais ou menos, 5 meses, voltei com o anime em Agosto e terminei a mini-saga do Planeta Potofu (também chamada de saga Monaca - vi numa Wikia qualquer, não sei se oficialmente é chamada de tal, mas prefiro o primeiro nome) na sexta passada (16/09). Farei o mesmo com relação ao atua…

Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 2)

Imagem
2ª DIA - IMENSO DESPRAZER

27/06/2014.


As aulas estão indo OK, mas... eu me sinto péssima, suja por dentro, maledicente e desalmada! Ter me mudado para cá pode ter sido um erro? Contrariar meus pais é o mesmo que incomodar uma colmeia de abelhas. Bem... melhor falar de algo bom. Começarei hoje minha primeira aula de violino, quero muito aperfeiçoar meu talento... na verdade, eu diria que meu objetivo é um pouco mais ambicioso. Eu, honestamente, quero me tornar uma violinista admirada e reconhecida. Não vejo mal nenhum em priorizar uma possível fama. Não concordei com a Rachel, ela disse que eu deveria ter cautela, pois, sem perceber, poderei estar pondo a carroça na frente dos bois. Não ligo.

Agora indo para a parte estranha do dia: O livro que roubei na noite passada, na calourada - faço faculdade à noite, então pude dormir na minha casa pela tarde -, o Sacrifitorum, não sei, me parece escrito em um dialeto morto, totalmente em desuso. Tem uma fechadura nele, mas felizmente estava aber…

Frank - O Caçador #2: "Quando o dever chama (Parte 2)"

Imagem
Nota do capítulo: Partes em itálico representam flashback ou menções específicas.

CAPÍTULO 02: QUANDO O DEVER CHAMA (PARTE 2)


Dois anos antes...

Eram cerca de meia-noite e meia. 

Alguns membros da catedral de Danverous City conspiraram com o objetivo de destruir uma farsa há muito preservada na instituição, ligando para um dos celulares de Frank, solicitando seus serviços imediatamente. Como o detetive soubera? Para começar, o casal Montgrow consumara a união lá mesmo e seu pai tornara-se um grande amigo do arcebispo da época, uma relação resumida à conversas agradáveis sobre tempos áureos da vida e visitas esporádicas na bela casa comprada por ambos alguns dias após a cerimônia. 

Ao falecer, o arcebispo deixara uma carta secreta em algum cofre de sua casa, o qual confidenciou ao pai de Frank sobre um terrível segredo acerca da paranormalidade recorrente na cidade. 

Com os pedidos de ajuda do grupo, Frank fizera a ligação entre os dois casos, relendo uma enigmática carta anexada aos arquiv…