Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Nem tudo é o que parece #44

Imagem
Ai, se arrependimento matasse viu... Não faz nem 6 meses que nos mudamos e já recebemos uma bomba de abalar as estruturas do nosso corpo, dos nossos psicológicos, da nossas vidas... É sério, é nojento, não consigo acreditar que os inquilinos de antes faziam isso!

Bem, vamos lá, do início: Meu filho, numa tarde, entrou correndo pela porta da frente segurando um relógio de ouro com um cordão. Perguntei onde tinha achado e ele respondeu, com toda a inocência de criança, que um homem estava no nosso quintal e deu à ele de presente. Falou que o homem alegou não precisar mais mesmo sendo uma herança de família. Óbvio que eu quis saber quem era esse cara. É super normal um estranho invadir seu quintal e dar algo ao seu filho sem que você veja.

O relógio estava meio sujo... acho que era areia.

Depois fui dar uma olhada no quintal e confirmei, tremendo de horror, que disseram a verdade sobre a família que morou aqui não ter plano funerário.

Perto da casinha do cachorro a terra e a grama estav…

Baú Nostálgico #17: Hamtaro

Imagem
ANTES

Quem nunca vomitou arco-íris com esse anime hein? Eu nunca. Mas curtia bastante, sem me importar com o suposto fato de ser voltado ao público feminino. Mesma coisa com Meninas Superpoderosas ou Três Espiãs Demais, ambos podem sim ser assistidos por qualquer público e qualquer idade, essa limitação é imposta por gente que só quer tirar sarro com o coleguinha do lado. É o clássico "Não pode assistir não, é de menina!" - acho que já falei algo parecido na edição à Sam, Clover e Alex. Com Hamtaro não é mesmo diferente. Esse anime me conquistou pela sua leveza na forma de contar suas histórias. Histórias essas que confesso não lembrar com muito afinco embora eu saiba que aconteciam umas peripécias desses hamsters aventureiros. Não sei porque caiu na vala mais sombria do esquecimento - pelas emissoras, especialmente a GloBOSTA que sempre foi muito fresca com relação à animes.

Fazendo outra confissão: Eu detestava um personagem com todas as minhas forças. E ele atende pelo no…

Mestre Kame calou a boca dos que duvidaram de sua experiência

Imagem
Ninguém segura esse velho, tanto em taradice quanto em artes marciais. O episódio 105 de Dragon Ball Super, exibido neste domingo, 27, no Japão, nos presenteou com todo o brilho da performance de Kame com suas variadas técnicas em um show digno ao significado do Torneio do Poder. Muita gente que torceu o nariz para a inclusão do senpai de Goku e Kuririn deve ter queimado a língua com as demonstrações únicas de "lacragem" - por assim dizer. Ou até mesmo o banalizado termo "mitagem". Acho que "lacrar" e "mitar" são análogos, essa gente inventa cada coisa...

Claro, não posso deixar de pontuar neste texto o ápice dramático do episódio: A "EQM" de Kame. Pra quem não sabe, EQM é um sigla designada ao termo "Experiência de Quase Morte". A técnica Mafuba, como todo fã inveterado de Dragon Ball deve saber, cobra um preço caríssimo: A vida de seu usuário. Porém, em casos onde o prisioneiro é mais poderoso que ele. Questionamentos mais…

Frank - O Caçador #6: "A Morte pode esperar"

Imagem
Escola Hans Norbet

A sala de aula da classe 3-B estava ocupada por somente duas pessoas após o fim da última aula. As carteiras, organizadas com nomes dos alunos em papéis colados conforme se dava o mapeamento, eram todas voltadas para destros. Em uma delas, praticamente no ponto central do recinto, estava sentada uma das alunas autuada por uma travessura contra um garoto de duas classes abaixo. A cena do "crime" resumia-se em um lamentoso adolescente queixando-se de uma coceira perturbadora devido a uma grande quantidade de pó especial colocado por dentro sua calça por um dos rapazes aliados da garota detida. Ela fingia não se incomodar com a presença quase intimidadora da diretora Halley, uma mulher de cinquenta bem cuidados anos, com cabelo castanho prendido em uma espécie de coque, lábio finos, pele caucasiana, face suave, mas detentora um olhar perfurante como uma estaca - seus óculos pequenos realçavam a grandeza desta habilidade sem igual, capaz de fazê-la obter grand…