Baú Nostálgico #8: Três Espiãs Demais

Animação produzida pelo estúdio francês Marathon marcou bastante
 em sua passagem por uma saudosa sessão de desenhos. 


                                                                                      ANTES

Dando continuidade à "minissérie" de desenhos reprisados e espremidos até o bagaço na TV Globinho, chegou a vez de abordarmos esse trio feminino que me arrancou suspiros muitas risadas com suas missões ao redor do mundo em combate aos vilões com seus planos mirabolantes. Sempre enxerguei essa animação teen como uma comédia descompromissada e nunca ficou devendo no quesito humor em grande maioria dos episódios. Tal como a produção falada na edição anterior, o ano de estreia desta na TV aberta brasileira segue indefinido nas névoas da minha memória. 2002 ou 2003? Enfim, muito provavelmente o segundo, mas ainda fica aquela ponta de dúvida.

Uma curiosidade é que, a princípio, eu pensava que o desenho era uma antiguidade dos anos 70 ou 80 porque na época eu não sabia distinguir produções de determinados tempos (numa época em que eu mal sabia contar as horas. Tipo, uns 7 ou 8 anos, eu acho), mas isso foi se dissipando à medida que eu ia crescendo e assumindo que o desenho era bem recente, me prendendo cada vez mais àquele universo que, em primeira análise, parecia ser mais voltado ao público feminino. "Ah, não pode ver esse desenho aí porque é de menina!"  Típico comentário infantil de algum coleguinha zueiro com vontade de tirar sarro da sua cara porque você assiste a um desenho protagonizado por garotas. Que bobagem. Eu via As Meninas Superpoderosas e nunca tive nenhum problema com isso. Via Hi Hi Puffy AmiYume no SBT, Witch e Sakura Card Captors na Globo, e certamente isso não quer dizer nada, não tive pais neuróticos e politicamente corretos me enchendo a paciência com proibições sem sentido.

Sendo assim, Três Espiãs Demais (Totally Spies, no original) sempre foi encarada por mim como uma obra para todas as idades, independente de ter elementos femininos como compras no shopping, clichês colegiais contendo esteriótipos (Arnold, o nerd rejeitado e Mandy, a patricinha encrenqueira) e o costumeiro romance que sempre despontava aqui e acolá em alguns episódios. Na infância o que realmente interessava era o espetáculo da ação. Se envolvia lutas, já bastava para conquistar minha atenção, facilitando a indiferença para com os detalhes que visam o público-alvo feminino. Obviamente, se eu fixasse uma perspectiva desfavorável ao desenho desde o início baseado num preconceito idiota (que nunca tive), ela sequer seria mencionada ou incluída para uma edição desta série.

Espiã favorita: Foi, é e sempre será a Clover, com o maior saldo positivo na comédia atribuído à ela (adorava quando elas eram sugadas por qualquer buraco que as levasse direto para a WHOOP).

Personagem secundário favorito: Jerry (que, por sinal, me faz lembrar Alfred Pennyworth).

                                                                                          AGORA

Até ano retrasado não sabia que a série tinha passado da terceira temporada - onde há algumas mudanças (como esquecer o episódio em que o irmão do Jerry aparece e se revela um vilão?) - e lembro de ter percebido que o elenco de dublagem parece ter mudado da quarta em diante. Mas nada que não me impeça de um dia voltar a vê-la, do início ao fim, além do longa-metragem que, até onde eu sei, se trata de um prelúdio da série. Troca de dubladores nunca interferiu muito na experiência porque cedo ou tarde acabo me acostumando.




*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 

*Imagem retirada de: http://somosmesclados.com/e-anime-so-que-nao/


Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Death Note

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

Crítica - Saint Seiya: Soul of Gold

10 melhores frases de Mollock (Capuz Vermelho)