sexta-feira, 5 de maio de 2017

Baú Nostálgico #14: Os Flintstones



                                                                                  ANTES

Outra vez resgatando um clássico da Hanna-Barbera, cá estou para falar sobre essa carismática família pré-histórica (o septeto ao todo - leva-se em conta o Dino também, o serelepe mascote de Fred - pode ser considerado uma família) e minhas experiências assistindo-a durante os anos em sua exibição no Brasil por meio do SBT nos anos 2000. A princípio, a série, na época, me pareceu chupinhada demais da fórmula de Os Simpsons (por girar em torno de uma família cujos membros se envolviam em confusões e apuros), o que basicamente me fez criar uma comparação bem ridícula entre os dois desenhos que, obviamente, nada tem a ver um com o outro a não ser pelo fato do protagonismo se voltar à uma família (Fred, Vilma e Pedrita, no caso). Na verdade, nunca enxerguei o Fred e a Vilma como os anfitriões-mor da trama a ponto de praticamente desconsiderar as participações de Barney (o que mais me fazia rir) e Betty Rubble como se fossem coadjuvantes, logo eu também considerava-os como da família Flintstone (como dito acima, eles, ao todo, formam um elo que soa como laços familiares).

Foi em 2004 que estabeleci meus primeiros contatos com a série, numa dobradinha que o SBT fazia com "O Que Há De Novo, Scooby-Doo?" - na verdade, ela veio posteriormente à reprise da série clássica, e foi uma estreia que me pegou desprevenido logo quando já havia me acostumado com o antigo desenho. Com os Flintstones nessa época foi só amor. O nascimento de Pedrita, as partidas de boliche que eram o passatempo favorito da dupla Fred e Barney (tinha até aquela fraternidade lá onde eles usavam chapéus de búfalo) e o surgimento do Bambam, enfim, foram vários momentos memoráveis que se mantém inabaláveis.

O que realmente favorecia a comicidade do desenho é o seu contexto. Aliás, bem além disso: Os "improvisos". Se não me engano, um pássaro saía do controle remoto pra ligar a TV. E se quisesse lavar a louça bastava ter um elefante que com sua tromba espirrava água. E os carros... caramba, os carros com "teto solar panorâmico" (na verdade, era só o pano), rodas de pedra super-resistentes e, claro, o motor de pés (que servia de freio e acelerador). Era isso o que tornava o desenho único, esse entrelace de passado e presente.

Personagem favorito: Barney.

Momento que mais curtia: A abertura (destaque para o icônico "Yabba Dabba Doo!" de Fred)



PS1: Os Flintstones Kids (que não é um prelúdio da série original como eu ingenuamente acreditava), por incrível que pareça, é a série que mais vi da franquia nas manhãs com o Sábado Animado.

PS2: Tinha me esquecido de gato/tigre da abertura e do encerramento do qual nem sabia o nome. Mas como ele recebia pouquíssimo ou quase nenhum destaque, os membros da família permanecem sendo 7.

PS3: Tem um crossover com os Jetsons que possuo uns fragmentos na lembrança. Ou é a memória afetiva que me convence disso.

PS4: Por falar nisso, não poderia deixar de citar a curiosa teoria de que a idade da pedra apresentada em Os Flintstones na verdade se trata de um futuro pós-apocalíptico. Em outras palavras, Flintstones e Jetsons (que seria ambientado no passado) vivem num mesmo universo. Há quem também especule sobre uma teoria alternativa que argumenta a "coexistência" dessas duas civilizações em um mesmo universo... e ao mesmo tempo. Jetsons em cima e Flintstones embaixo. Tenebroso, não? O etzinho Gazoo poderia ser uma ponte entre os dois mundos...  Viajando aqui, mas não deixa de ser intrigante.
A segunda teoria pode ser conferida em maiores detalhes neste site: https://papodehomem.com.br/teoria-da-conspiracao-do-dia-os-flintstones-e-os-jetsons-acontecem-ao-mesmo-tempo/

PS5: A parte do "Agora" foi dispensada por que, honestamente, eu não fazia a menor ideia do que dizer.

PS6: E encerrando o post, fiquem com um gif selecionado:





*As imagens acima são propriedade de seus respectivos autores e foram usadas para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos. 

*Imagens retiradas de: http://www.anos80.net/desenhos/os-flintstones/
                                         https://www.tumblr.com/search/flintstones%20gif



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Críticas? Elogios? Sugestões? Comente! Seu feedback é sempre bem-vindo, desde que tenha relação com a postagem e não possua ofensas, spams ou links que redirecionem a sites pornográficos. Construtividade é fundamental.