O blog camaleônico e seu autor volúvel


Olá, gaspars! Antes de mais nada, preciso responder duas perguntinhas para quem tiver acessado o blog ontem pela tarde, quase noite ou tarde da noite e se deparou com outra mudança de supetão no visual do Universo Leitura:

1) Por que mudei novamente?

Eu tinha feito uma publicação (já apagada) no domingo passado na qual explicava sucintamente a então cara nova do blog, que pode-se ver abaixo:

Eis o modelo abandonado em menos de uma semana
O tema Soho (imagem), a princípio, me ganhou pela vantagem palpável quanto a organização das postagens mostrando apenas imagens e títulos o que proporcionava curiosidade na hora de clicar. Na postagem em questão, procurei não transparecer estar decepcionado com um pequeno detalhe que gradativamente foi deixando de ser ignorado ao longo dos poucos dias que o blog ficou com essa estética. Agora finalmente posso dizer: Não gostei. Especificando melhor: A desproporcionalidade da maioria das imagens pelos seus tamanhos variados acabou me incomodando e tirando muito da satisfação dada pelo benefício que é instigar o leitor sem mostrar o texto inteiro logo na página inicial - exatamente como era no tema Janela de Imagem com fundo ajustado em bloco, este que perdurou por mais de dois anos. Nem a personalização fidedigna ao design anterior afastou o desconforto. Além disso, a imagem de fundo, igualzinha a do tema que durou mais (devia ter tirado print para quem está conhecendo o blog no futuro), não respondeu a aplicação, prejudicando a nitidez dela e, como se não bastasse, só ficava visível apenas na página inicial (Home) e nas demais, seguindo na linha do tempo, ela desaparecia. Foi o modelo que caiu muito rápido no meu conceito se comparado aos primeiros que usei láááá em 2014 na transição do Contos Diversos para o Universo Leitura. Os dois únicos pontos negativos que eu citei na postagem excluída pesaram e muito. Não digo que é um modelo ruim, longe disso, ele é prático e moderno, o que não coube na minha preferência foram as limitações chatinhas que traíram um pouco minhas expectativas. É tudo uma questão de identificação.

2) Essa alteração é definitiva?

Sim, este tema, chamado de Contempo, veio para ficar. Até quando eu não sei. Pode durar menos ou mais do que o Janela de Imagem. O Universo Leitura é esse camaleão mesmo. Mas acredito que há outros blogs dessa mesma plataforma que mudam bastante de layout/modelo em intervalos curtíssimos. No caso do UL, a mudança anterior não passou de um teste estendido e lá no fundo eu sabia, meu coração dizia, que não ia vingar de jeito nenhum porque eram dois contras gigantes perante a prós muito pequenos. Não estava satisfeito e testei o modelo similar supramencionado. No início do ano, salvo engano, testei com ele mesmo, mas sem intenção de aplicar, só fui movido à curiosidade. A primeira impressão foi basicamente a mesma que tive com o Soho depois de quase 5 dias com ele. Em outras palavras, eu rejeitei o tema que hoje acho o máximo e que com a personalização correta se associou muito com a proposta e essência do blog, coisa que o Soho não tinha, uma coisa chamada identidade que só alcancei agora meio tarde. Este atual é, a meu ver, o melhor modelo recentemente adicionado pelo Blogger dentre os 4.

O comparativo entre os ambos os temas:

O que o Contempo tem que o Soho não tem?

1 - Pra começar, os dois tem funcionalidades iguais, praticamente irmãos. Mas o atual modelo do UL tem a barra lateral melhor estruturada, como se vê na imagem abaixo:


Com a largura ideal que eu precisava. Até os marcadores ficaram melhor organizados. Coisas próximas do antigo rodapé foram transferidas para ela, como as imagens de perfil dos seguidores e o número de visualizações de página. As postagens aleatórias se encaixaram melhor, pois no Soho os títulos ficavam "cortados", podia dificultar a leitura e dava a impressão de uma letra estar abaixo da outra, numa posição vertical ao lado da imagem. A barra lateral se sobressai com folga, dá um 10 a 0 na sua irmã magrinha.

A semelhança é apenas o fato de ainda ser a esquerda.

2 - A centralização do conteúdo. Isso ainda estava presente entre maio de 2014 e maio de 2015, antes das postagens ficarem mais à esquerda com a aplicação da Janela de Imagem que possuía a barra lateral à direita. Agora esse estrutura retornou em grande estilo. No Soho as postagens na Home tinha imagens ampliadas e títulos menores, além de que o conteúdo só podia ser acessado se clicasse em um dos dois. Nesse aqui é meio diferente, embora muito melhor. As postagens ficam retangulares na Home, com título maior e imagem menor, aliado ao início do texto cortado pelo recurso que tanto desejei, cobicei e quis mais do que tudo para turbinar o blog: o "Leia mais...". É tão vantajoso quanto ter só título e imagem. Aliás, é superior.  Isso não é um 10 a 0, está mais para 11 a 0! Tem também as reações, apenas deu para inserir três: Ótimo, Bom e Regular. Agora o leitor pode dar uma "nota" ao post.

3 - Imagem de fundo visível em toda a navegação. Ainda que o problema da nitidez se repita em Contempo, o fato inquestionável é que o fundo de imagem agora aparece por onde quer que você vá enquanto está explorando esse universo sombrio que é o meu cantinho literário que preservo com carinho há quase 4 anos. Um pedacinho dela aparece quando se está na postagem, logo à direita. Só isso já é um outro ponto que supera o tema que não me identifiquei.

O que foi alterado: 

- A fonte e a cor dos títulos das páginas/guias (abaixo do nome do blog).

- O ícone de compartilhamento.

- As datas cujos números são separados por pontos, apesar de que gostaria de manter como antes. Exemplo: sexta-feira, 29 de Setembro de 2017.

- Obviamente a imagem de fundo. Curiosidade: É a mesma que utilizei para ilustrar o prólogo de Capuz Vermelho. Todos os créditos ao seu autor que não conheço.

O que foi mantido: 

- Fonte e cor dos títulos das postagens.

- A cor amarela também se encontra nos links e marcadores.

- Fonte do título do blog.

- Cor do pano de fundo cinza escuro (minimamente beirando ao preto).

Conclusão geral:

Este é um modelo que se enquadra perfeitamente ao que blog tem a oferecer. Acertei dessa vez. E que a expansão continue nessa nova roupagem com retoques do passado.


Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Matrix

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

Análise do trailer do remake de Cavaleiros do Zodíaco da Netflix

Crítica - Círculo de Fogo: A Revolta

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

O protagonismo de Goku é um problema?