Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 9)


9º DIA: DESCOBERTA CHOCANTE

04/07/2014

OBS: NÃO LEIAM ESTA PÁGINA SEM ANTES DE VER AS ANTERIORES. PARA ISSO A SENHA DO COFRE É: *******

Não tenho mais celular, mudamos o número de telefone da casa e meus pais contrataram um vigia particular para nossa casa e um guarda-costas para me escoltar quando eu for à faculdade, na ida e na volta. Meus amigos me perguntaram hoje à tarde, durante o intervalo, sobre o porque de eu estar sob a proteção de um brutamontes. Deixei a situação bem clara para não fazer brotar nenhuma semente de desconfiança. Não de forma demasiadamente completa... mas creio que os convenci. Caíram no meu mais novo conto: Estou recebendo ameças por telefone de um desconhecido que pode estar me seguindo disfarçado.

Além disso, menti para meus pais sobre ter queimado o diário. Minha mãe decretou que vai inspecionar meu quarto todas as tardes, justo o horário em que estou na faculdade. Já havia me antecipado à essa possibilidade, então pus a mão na massa e comprei um cofre - não é digital - com uma combinação que somente eu sei, enfim como deve ser. Está guardado na casinha onde estão guardadas as ferramentas do meu pai. Para quê isso? Ora, do jeito como venho me sentindo, a polícia, cedo ou tarde, vai se atentar ao meu caso e vasculhar a casa e os arredores - a mensagem acima foi para eles. E para favorecer o trabalho deles, resolvi deixar esta página solta e a guardei dobrada em uma caixa velha que meu pai mal dá atenção ou sequer percebe. O cofre está escondido um pouco mais atrás dessa caixa e eles são as únicas pessoas além de mim que devem saber a senha. Venho tendo pressentimentos de que vou ser levada novamente. Sabe aquela sensação de não estar sozinha... que existe algo se conectando à mim que falei algumas páginas atrás? Talvez eu esteja perto de descobrir a razão.

A única pessoa não-envolvida nisso e que sabe da minha situação é o irmão de Rachel. Me perguntei se ele estava bem. Será que aqueles caras, de alguma forma, rastrearam nosso contato? Poxa, não me sequestraram à toa! Haviam quatro pessoas ali naquele galpão! Caso eu faça uma denúncia anônima em um curto intervalo de tempo, vou estar em maus lençóis... de novo. Devem estar me caçando, se perguntando como eu escapei. Erick, Rachel, o John e a Lisa agiram, hoje, naturalmente diante de mim... como meus fiéis amigos. Como posso ser tão insensata a ponto de suspeitar deles?! Deve ser... essa coisa toda, mexendo comigo, com a minha mente, ainda tenho as visões, até já me acostumei, nada disso mais me apavora. Vamos para a parte estranha do dia (desconsiderando as loucuras parte de mim): O professor hoje me parabenizou pelo meu bom desempenho no teste aplicado há dois dias. Acontece que eu estava acorrentada, grogue e sentindo-se um lixo humano naquele momento e faltei à aula. O Sacrifitorum não me concedeu onipresença, até onde eu sei. Alguém se passando por mim... Bem, hora de entrar em ação.


CONTINUA...



*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 



Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Death Note

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

Crítica - Saint Seiya: Soul of Gold

10 melhores frases de Mollock (Capuz Vermelho)