Capuz Vermelho - A Enciclopédia: Divindades e seus relacionados


AVISOS:

*Não veja esta postagem se ainda não leu nenhum capítulo desta série ou uma temporada inteira. Caso o contrário poderá se deparar com SPOILERS.

*Sujeito à alterações e atualizações.

    ______________________________________________________________________________


Abamanu 

Espécie: Divindade lunar/Quimérico.

Ocupação: Imperador.

Nível: 2º escalão.

Em termos de poder:

Acima de: Coletores, soldados quiméricos, bonecos Repo, miméticos (os três estágios), todas as criaturas sobrenaturais oriundas da Terra (incluindo Mollock), bruxas, magos do tempo e humanos comuns.

Igual a: Deuses-Quimeras (incluindo seus irmãos e sua esposa - também irmã de espécie - Azel) e outras divindades de segundo escalão - não importando de qual universo (Yuga, por exemplo, do panteão egípcio. Porém, por ambos serem detentores de forças opostas não é possível determinar um equilíbrio de poderes ou sobre qual dos dois venceria em um confronto já que depende de inúmeros fatores).

Abaixo de: Entidades primordiais, Titãs, Deuses do Olimpo e Pai das Quimeras.

1ª Temporada

Na temporada inaugural da série, o vilão agia nos bastidores, por baixo dos panos, exercendo o papel de uma figura oculta mas, de certa forma, temida por parte dos personagens no que diz respeito ao seu prometido retorno à Terra, sendo mencionado várias vezes fazendo-o ter o caráter de uma divindade sombria, perigosa e implacável. Levando em conta seu sangrento histórico, jamais chegou perto de responder por seus crimes, tendo muitos deles nunca alcançado o alto escalão divino do panteão. Apenas entrou em ação no final da temporada, quando, através de sua estátua localizada no Templo dos Red Wolfs, fez refulgir um intensa luz brilhante que levou Rosie para um outro mundo e além disso apagara a memória da jovem, já que o talismã reconectado ao peitoral da estátua servia basicamente como uma chave de ativação para aquele plano funcionar.

2ª Temporada

Por boa parte dos capítulos é bastante mencionado, mas sua aparição ocorre apenas no fim da temporada quando finalmente possui o corpo da fera híbrida Mollock - também conhecida como o pupilo do deus lunar e destinado a ser sua casca - nas Ruínas Cinzas, concretizando seu retorno ao mundo dos mortais. Subjuga os membros da Legião apenas com sua aura esmagadora, fazendo-os seus reféns, além de matar Michael de forma brutal e capturar Charlie pelo mesmo lhe ser muito útil.

3ª Temporada

Secreta e lentamente ele vai implementando seu reinado na Terra, agora fazendo uso de uma tóxica substância (cujo principal ingrediente é apenas uma gota de seu sangue) criada por um cientista sequestrado e idealizada para corromper os seres humanos permanentemente. Consegue reaver sua armadura prateada, adequando o tamanho dela ao mundo dos mortais. Aguardando ansiosamente sua revanche contra Yuga, ele deseja convencer Rosie a agir em favor de sua causa.
(Mais informações serão adicionadas em breve)

Habilidades:

Resistência física sobre-humana: Tanto em sua verdadeira forma quanto em um receptáculo consegue se defender de ataques violentos e intensos sem sofrer nenhum arranhão.

Super-força: Pode mover objetos com milhares de toneladas facilmente. Sua armadura, por exemplo.

Instintos extremamente elevados: Como sua parte quimérica mais predominante é o lobo, faz bom proveito dos atributos que ela proporciona como todos os cinco sentidos altamente apurados.

Teleporte: Como qualquer outra divindade, pode se deslocar de um lugar para outro na velocidade de um pensamento.

Telecinesia: Consegue mover objetos e indivíduos com a força de sua mente.

Telepatia: É capaz de ler mentes de seres humanos ou de qualquer outro ser de nível mais baixo que o seu.

Super-velocidade/agilidade: Quando necessário recorre ao uso desta habilidade que o faz atingir velocidade a um nível impensável.

Convocação: Com um único estalar de dedos ele consegue fazer teleportar seus soldados de um local para outro, por vezes sem direito a aviso prévio.

Destruição instantânea: Esta técnica permite-o destruir qualquer corpo vivo, sobretudo de humanos/mortais, com um único estalar de dedos. O resultado é o corpo do oponente sendo explodido em vários pedaços.

Criocinese: Produz camadas super-finas ou grossas de gelo sólido em qualquer estrutura. Seu poder de congelamento alcança o zero absoluto.

Aura pressionada: Ao elevar sua aura em uma escala gigantesca, pode subjugar seres abaixo de seu poder, nulificando seus movimentos e habilidades.

Voo: Em sua forma verdadeira consegue voar graças a parte quimérica do morcego. Esta habilidade torna-se nula quando o deus possui um receptáculo na Terra.

Manipulação da memória: Tal recurso lhe permite controlar as memórias de qualquer ser abaixo de seu poder, principalmente de seres humanos, seja para apagar, distorcer, criar, devolver ou restaurar.

Mimetismo de voz: Pode imitar perfeitamente inúmeros tons e tipos de vozes, sejam humanas ou não. Tanto é que ao se conectar à Alexia - comunicando-se através dela - , no capítulo final da primeira temporada, quando a vidente tocou na sua estátua, sua mensagem foi reproduzida em um tom de voz monstruoso, embora não seja sua voz real.

Abrir brechas no espaço-tempo: Com esta capacidade, o deus pode viajar entre vários mundos e universos, graças ao seu instinto de imperador, mas possui um certo limite que o torna abaixo dos magos do tempo nesse caso. Habilidade concedida por seu pai.

Sedação: Como qualquer divindade, pode induzir seres humanos à inconsciência instantânea e temporária.

Mimetismo elétrico: Assim como seus soldados, consegue converter seu corpo em uma poderosa descarga elétrica para cruzar a fronteira entre a morada dos deuses e o mundo dos mortais, sendo uma forma alternativa para possuir receptáculos.

Invulnerabilidade à magia humana: Feitiços oriundos do mundo dos mortais não o afetam.

Invulnerabilidade à alquimia: Todas as propriedades da alquimia dos seres humanos não lhe causam nenhum prejuízo.

Criação de sigilos: Pode desenhar sigilos inibidores e de banimento, deixa-los invisíveis e conjura-los/ativa-los apenas estalando os dedos.

Distorção da realidade: Sua presença na Terra desencadeia sérios efeitos negativos no espaço-tempo, como a fragilização do tecido da realidade, facilitando a abertura de portais dimensionais. Como Charlie havia comprovado no capítulo final da segunda temporada, na luta para impedir Mollock, dizendo estar sentindo o tecido da realidade se distorcer minutos antes da chegada do deus lunar

Com o talismã/amuleto:

Conjuração de raios e portais dimensionais: Com o amuleto em mãos, Abamanu evoca raios de energia vindos de cima para pegar seus inimigos desprevenidos e, as vezes, combina tais raios com aberturas de portais dimensionais, fazendo-os servirem como transportes rápidos para locais específicos.

Banimento: Abamanu, com a ajuda de seu talismã, envia qualquer ser abaixo de seu poder para um universo alternativo. Foi o mesmo realizado com Rosie no fim da primeira temporada, quando o deus, conectado à estátua, drenou a energia do amuleto ligado à ela.

Com a energia residual/matéria caótica:

Controle das Trevas Absolutas: Esta é uma habilidade de manejamento um tanto limitado para Abamanu, visto que tempos após ser agraciado pela matéria caótica o núcleo dela estava começando a envenena-lo, forçando-o a doa-la à sua filha adotiva. Esta destrutiva força pode chegar a níveis absurdos de poder caso alimentada com os elementos certos para seu fortalecimento.

Forjar eclipses solares: Lhe dá a capacidade de mover a lua entre a Terra e o Sol, fazendo eclipses durarem o tempo que achar necessário. Normalmente, não os tornava muito duradouros para não gerar desconfiança e pânico nos mortais. Com a doação da energia à sua filha, perdera esta habilidade.

Controle absoluto das 4 fases lunares: Abamanu, dotado de sua energia residual, é capaz de comandar cada fase da lua em seus devidos períodos.

Armas:

Espada Lunar, Escudo Lunar, Talismã/Amuleto Prateado.

Fraquezas:

Sigilos inibidores: Abamanu é facilmente vulnerável a específicos tipos de sigilos de aprisionamento.

Receptáculos inapropriados: Enquanto possuindo uma casca e esta não sendo de grande suporte, Abamanu, dependendo do tempo em que se mantenha nela, sofre com sérias crises de exaustão e tontura, chegando a suar bastante e a pele do receptáculo se tornar fria ou quente - o que indicia a possibilidade de destruição da casca por meio de congelamento instantâneo ou combustão espontânea. Quando os efeitos atingem o pico, Abamanu pode se ver forçado a abandonar o "navio" antes que o problema lhe cause danos permanentes após sair.

Matéria caótica: A própria força obscura que o tornou um dos mais poderosos deuses-quimera é capaz de ser letal à ele se usada indevidamente, mas, no seu caso, foi por seu corpo não ser forte o bastante que a mesma o envenenou e obrigou a abdicar de sua posse.


Relacionados:

Red Wolfs

Veja um post especial com várias informações sobre a sociedade secreta:

http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2015/12/capuz-vermelho-enciclopedia-regras-e.html

Bonecos Repo

Veja o Bestiário:

http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2016/03/capuz-vermelho-enciclopedia-bestiario.html

Soldados quiméricos

Veja o Bestiário:

http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2016/06/capuz-vermelho-enciclopedia-bestiario.html



Yuga

Espécie: Divindade solar.

Ocupação: Rei/Imperador/Patrono dos deuses solares.

Nível: 2º  escalão.

Em termos de poder:

Acima de: Coletores, Áker (seu arauto), soldados solares, qualquer criatura sobrenatural oriunda da Terra, bruxas e humanos comuns.

Igual a: Sekhmet (sua consorte), Mihos (seu filho), Bastet, Tefnut, Seth, Anúbis e Thoth.

Abaixo de: Entidades primordiais, Osíris, Ísis e Anhur.

1ª Temporada

Sua existência não é mencionada em nenhum capítulo.

2ª Temporada

Passa a ser mencionado a partir de "Dia Prometido", vigésimo capítulo da série e o oitavo da temporada.

3ª Temporada

Passa a ser bastante mencionado na primeira metade da temporada após a chegada de seu arauto, Áker, oferecendo a sua proposta à Rosie para definir o rumo de sua revanche contra Abamanu.
(Mais informações serão adicionadas em breve)

Habilidades:

Força sobrenatural: Yuga é dotado de uma avassaladora força física, podendo mover e levantar objetos medidos em várias toneladas.

Percepção extra-sensorial: É capaz de rastrear energias de outros deuses, não importando qual seja a distância.

Velocidade sobrenatural: Locomove-se em uma velocidade quase imperceptível a olhos humanos.

Teleporte: Desloca-se de um lugar para outro na velocidade de um pensamento.

Telecinesia: Pode mover qualquer objeto - inclusive seres humanos - apenas com a força de sua mente. Quando elevada a um determinado nível pode ser utilizada, sobretudo, para matar seres abaixo de seu poder como quebrar o pescoço ou provocar asfixia.

Bioquinesia: Confere-lhe a capacidade de manipular a biologia de outros seres abaixo de seu poder, como causar hemorragias externas e internas, liquefação de órgãos, paradas cardíacas etc.

Pirocinese: Yuga pode produzir ou manipular o fogo na quantidade e intensidade que bem desejar.

Invisibilidade: Yuga consegue tornar-se invisível para seres abaixo de seu poder, menos para deuses de primeiro escalão. Tal habilidade, contudo, não limita as demais, permitindo-o a atacar sem ser visto.

Termoquinesia: Eleva instantaneamente a temperatura de qualquer corpo sólido, principalmente metais, chegando a derrete-los caso cheguem a graus absurdos de calor.

Incineração por toque: Não importa se toque em algum indivíduo ou se ele o toca, a vítima acaba tendo todo o seu corpo reduzido a cinzas em poucos segundos.

Voo: Tanto em sua verdadeira forma quanto preso à um receptáculo, Yuga pode voar livremente.

Rajada solar: É gerada a partir de um imenso acúmulo de energia, podendo ser disparada pelas mãos com uma "corrente de vento" de cor alaranjada de alto nível de radiação solar, podendo chegar próximo ou ultrapassar a intensidade que o próprio sol consegue quando está em seu máximo e ocasiona as chamadas tempestades solares.

Rajada óptica: Dispara raios solares retilíneos através de seus olhos e podem atravessar qualquer estrutura sólida dependendo de seu nível destrutivo. É basicamente o mesmo conceito da visão de calor do Superman.

Imortalidade: Como qualquer divindade, Yuga é invulnerável a doenças, pestilências e velhice.

Invulnerabilidade à magia e alquimia humanas: Nenhum efeito provocado por feitiços obscuros ou alquímicos gerados e manipulados por mortais reage destrutivamente em Yuga.

Liquefação (por toque ou por aumento de sua aura): Yuga é capaz de liquefazer corpos de seres humanos de dentro para fora, seja tocando-os ou apenas elevando sua aura - que consequentemente aumenta a temperatura ambiente em vários graus.

Carbonização (por toque ou por telecinesia): Yuga consegue queimar a carne de humanos - até virarem carvão - transpassando seus corpos ou usando sua telecinesia avançada.

Concessão de poderes: Yuga concede várias habilidades ao seu eleito, promovendo-o ao posto de arauto e segundo em comando.

Existência obrigatória; O papel de Yuga como uma influente divindade solar o torna relevante para o equilíbrio entre forças opostas no universo. Caso fosse morto e não houvesse nenhum substituto à altura, o equilíbrio seria severamente danificado e as estrelas mais fortes do universo - como o Sol - definhariam, pondo em risco a sobrevivência de milhares de planetas e espécies.

Armas:

Disco Solar/Argola Luminosa/Brasão Imperial.

Fraquezas:

Sigilos avançados: Existe uma série de complexos sigilos capazes de neutraliza-lo, alguns com limite de tempo, outros com efeitos graduais.

Relacionados:

Rosie Campbell

Veja a ficha da personagem:

http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2015/12/capuz-vermelho-enciclopedia-fichas-dos.html

Sekhmet

(Em breve as informações a respeito dela serão adicionadas)


Áker

Espécie: Soldado solar (Efetivado).

Ocupação: Arauto/Mensageiro e segundo em comando (subserviente efetivado).

Nível: 2º escalão.

Em termos de poder:

Acima de: Soldados solares da primeiro batalhão, todas as criaturas sobrenaturais oriundas da Terra, bruxas, magos e seres humanos comuns.

Abaixo de: Entidades primordiais, Osíris, Ísis, Anhur, Thoth, Anúbis, Seth, Bastet, Tefnut, Sekhmet, Yuga e Coletores.

Primeira aparição: "25: O que você fez no verão passado? - 3x01"

Habilidades:

Força sobre-humana: Áker é sobrenatural e fisicamente mais forte que seres humanos e outros seres extraordinários nativos do plano existencial terreno.

Possessão: Assim como divindades, necessita de um receptáculo como medida mais eficaz de se comunicar com os mortais sem causar danos significativos, devido a sua verdadeira forma ser altamente destrutiva se testemunhada por seres abaixo de seu poder - como os humanos.

Vigor sobre-humano: Áker não possui as mesmas necessidades dos mortais, portanto é imune à fome, sede, cansaço e sono.

Controle climático: Áker consegue manipular diversos fenômenos climáticos para objetivos específicos, nunca para praticar atrocidades contra os mortais o que contradiria suas reais incumbências. Como em "O que você fez no verão no passado?", primeiro capítulo da terceira temporada e vigésimo quinto da série, ao aparecer pela primeira vez para Rosie e Hector usando uma tempestade de relâmpagos e trovões criada por ele como forma de chamar a atenção dos dois e fazê-los ter ciência de seu poder.

Velocidade sobrenatural: Áker atinge níveis de velocidade que nenhum outro ser terreno é capaz de alcançar.

Cura: Áker pode curar qualquer ferimento, seja interno ou externo, doenças e toxinas apenas emanando sua energia através de um só toque.

Teleporte: É capaz de se deslocar de um lugar para outro em velocidade imperceptível a seres humanos. Além disso, pode teleportar outros seres por contato tátil.

Banimento teleportador: Com isso Áker pode, facilmente, afastar seres humanos, mandando-os para um outro lugar próximo. Em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 3)", para manter Hector longe do confronto com Abamanu, o mandou para fora da fábrica com apenas uma mão, fazendo-o desaparecer do lado de dentro em uma velocidade similar a de seu próprio teleporte.

Percepção extra-sensorial: Áker é capaz de sentir diversas atividades sobrenaturais ao mesmo tempo e também de detectar e rastrear energias divinas, ouvir batimentos cardíacos, pulso e respiração a vários quilômetros de distância e até mesmo detectar presenças de profetas. Contudo, tal habilidade não funciona para com a detecção de sigilos quando invisíveis.

Regeneração: Caso seu receptáculo seja ferido em um lugar não-vital - podendo ser um simples arranhão ou um corte de média profundidade -, ele se regenera segundos depois.

Sedação: Por simples contato tátil, pode induzir seres humanos à inconsciência instantânea e temporária.

Telecinesia: Áker é capaz de mover objetos e pessoas com a força da mente. Demonstrada em "Senhor Escarlate" (contra Sekhmet) e em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 1)" (contra soldados quiméricos).

Telepatia: Áker consegue ler mentes humanas e de outros soldados solares, assimilando cada informação em máxima velocidade.

Mimetismo de voz: Permite-lhe imitar vozes de seres humanos.

Voo: Apenas em sua verdadeira forma, Áker é capaz de voar com suas duas asas.

Pirocinese: Áker produz e manipula fogo em quantidades que bem desejar.

Visão raio-x: Áker consegue ver através de corpos de seres humanos e de estruturas sólidas, sem restrições, fazendo leituras completas e até diagnósticos precisos. Demonstrada em "Sinais do Fim" (em Rosie).

Rajada solar: Ao concentrar uma considerável quantidade de energia em suas mãos, Áker pode liberar uma alta carga de radiação solar como uma corrente de vento. Extremamente letal a seres humanos e criaturas da Terra, menos para deuses. Demonstrada em "Tesouro Divino" (contra Sekhmet) e "Deuses entre nós" (contra três soldados quiméricos de Abamanu, mas com o auxílio de mais dois soldados solares).

Manipulação do amuleto de Yuga: Quando em posse do pequeno objeto - muito mais usufruído como um comunicador -, Áker é capaz de manipula-lo no ar como forma de elucidar sigilos neutralizadores invisíveis ou até mesmo transformando-o em uma bomba ao elevar sua temperatura e fazê-lo disparar uma rajada desintegradora.

Absorção de energia: Áker não faz restrição ao absorver energias, podendo ser tanto divinas (do amuleto de Yuga) como elétrica, solar e nuclear. Demonstrada em "Senhor Escarlate" (ao tomar, telecineticamente, de Sekhmet o amuleto pertencente à Rosie e sugando sua energia).

Criar esferas energéticas: Áker pode desenvolver esferas de energia solar através de suas mãos. Em sua verdadeira forma, pode criar múltiplas esferas que surgem de cada pena de suas asas como forma de ataque. Se deixadas em um local fechado, sem manipulação do criador, tornam-se bombas a medida que suas temperaturas aumentam e isto, por conseguinte, as fazem dobrar de tamanho.

Manipulação e criação de sigilos: Áker pode desenhar sigilos invisíveis e ativa-los com um estalar de dedos. Podem ser inibidores, explosivos e até portais para outras dimensões (mundos alternativos, linhas temporais etc). Demonstrada em "Tesouro Divino" (ao alterar o desenho feito por Sekhmet, transformando-o em um portal dimensional que a atraiu feito um imã), em "Deuses entre nós " (desenhando um sigilo inibidor ao redor de Abamanu), em "Sinais do Fim" (quando mandara Rosie para uma futuro alternativo por meio de um sigilo dimensional-temporal) e em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 3)" (quando desenhou dois sigilos para encurralar Abamanu: um de aprisionamento e outro explosivo).

Projeção sobrenatural: Áker pode ser capaz de projetar uma silhueta de sua verdadeira forma em qualquer superfície como sua real sombra. Demonstrada em "O que você fez no verão passado?" (quando se apresentou a Rosie e Hector, projetando suas asas em forma de sombras na parede na velocidade de um relâmpago).

Carbonização por toque: Áker pode matar criaturas apenas tocando-as para queimar e carbonizar seus corpos de dentro para fora. Demonstrada em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 1)" (ao matar um soldado quimérico num confronto).

Rajada atmosférica: Esta habilidade é viável graças a uma reunião de energia solar a partir da ionosfera. Áker converte a energia concentrada em raios solares retilíneos que atingem alvos específicos do manipulador. Torna-se potencialmente extrema em períodos de alta atividade solar. Quanto mais alvos, maior será o acúmulo e o gasto de energia, por isso é utilizada em situações que exigem resoluções rápidas. Demonstrada em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 3)" (ao matar Edgar e seus dois comparsas licantropos para salvar Hector).

Manifestação nos sonhos: Áker pode manifestar suas vontades "entrando" nos sonhos de seres humanos. Não demonstrada.

Manipulação eletrônica: Áker é capaz de manipular aparelhos eletrônicos. Demonstrada em "Sinais do Fim" (No futuro alternativo, transferindo sua consciência para uma televisão a fim de se comunicar com Rosie, provando que seu poder de comunicação ultrapassa as barreiras temporais).

Armas:

Na maioria das vezes prefere portar uma faca dourada a fim de se defender ou um amuleto de Yuga para absorver sua energia ou usa-lo como bomba anti-soldados solares - da qual é imune por ser um soldado efetivado.

Fraquezas:

Sigilos inibidores: Bastante perigoso, sobretudo quando é dotado de invisibilidade. Áker é vulnerável a este tipo de sigilo, correndo até mesmo o risco de ser pego em sua própria armadilha. Uma vez pego, o soldado está sujeito a ter toda a sua energia absorvida pelo sigilo em questão de poucas horas para depois - quando ele já estiver completamente esgotado e fraco - o seu captor absorver a energia roubada pondo o amuleto sobre o sigilo ainda aceso e executar a absorção influenciando o objeto.

Lâmina dourada: As espadas portadas por qualquer soldado solar são mortais contra eles mesmos. Áker pode ser morto se esfaqueado por uma lâmina dourada em um ponto vital.

Magia divina: Complexos feitiços gerados por divindades acabam por serem fatais em Áker.

Armas divinas: O vasto arsenal dos deuses possui itens mortíferos e Áker é vulnerável à boa parte deles.

Coletores: As bestas que os deuses temem possuem garras que poderiam rasgar Áker em pedaços, por serem mais velhos. Tanto é que em "Tesouro Divino" o arauto de Yuga demonstra preocupação e tensão ao alertar Rosie e Hector sobre um sério problema, mas hesitando em se aprofundar nos detalhes. Os Coletores haviam roubado as armas dos deuses de vários panteões e Áker sentiu-se no direito de manter-se fora de um possível confronto, mas confiando que os dois se sairiam daquela situação com perspicácia.

Mihos

Espécie: Divindade.

Ocupação: Herdeiro.

Nível: 2º Escalão.

Em termos de poder:

Acima de: Coletores, Áker, soldados solares, qualquer criatura sobrenatural oriunda da Terra, bruxas, magos e humanos comuns.

Igual à: Bastet, Tefnut e Seth.

Abaixo de: Entidades primordiais, Osíris, Ísis, Anhur, Yuga e Sekhmet.

Primeira aparição: "28: Você não suporta a mudança - 3x04"

Habilidades:

Força sobrenatural: Mihos é detentor de uma força física inigualável. Não foi a toa que, estando na Terra, conseguiu arrancar, facilmente, corações de seres humanos apenas transpassando seus corpos com uma só mão. Demonstrada em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 2)" (em sua luta com o General Holt, chegou arremessa-lo para longe).

Imortalidade: Sendo uma divindade - concebida por dois poderosos deuses solares e sendo mais velha que todo o exército do imperador (incluindo Áker) -, Mihos é imune à velhice, doenças, vírus e pestilências no geral.

Apetite voraz: Herdara tal característica selvagem de sua mãe, Sekhmet. A fome de Mihos por carne, principalmente humana, torna-se incontrolável quando o mesmo é submetido a abstinências ordenadas por seu pai nas vezes em que age inconsequentemente. Há quem acredite - entre o exército - que tal fome do herdeiro de Yuga é verdadeiramente insaciável e que o mesmo jamais sente-se satisfeito ainda que consuma milhares de toneladas de carne de humana.

Possessão: Tal qual toda divindade, Mihos deve se apossar de um receptáculo se quiser vagar entre os mortais, sem restrições de escolha.

Metamorfose: Pode assumir a aparência de qualquer pessoa com quem já tenha tido algum contato, tenham elas estado vivas ou mortas.

Rajada óptica: Mihos concentra uma enorme quantidade de energia solar dentro de si. Muitas vezes prefere manifesta-la disparando rajadas solares a partir de seus olhos. Herdada por seus pais. Demonstrada em "Você não suporta a mudança" (ao matar um soldado do Exército Britânico por trás).

Termocinese: Mihos é capaz de elevar a temperatura ambiente em graus altíssimos e também derreter metais pesados. Demonstrada em "Você não suporta a mudança" (antes de matar sua primeira vítima, um soldado do Exército Britânico - o fazendo sentir um intenso e repentino calor) e em "Senhor Escarlate" (ao fazer a lâmina de Rosie esquentar em considerável grau para provar que estava dizendo a verdade sobre ser filho de Sekhmet e Yuga).

Teleporte: Pode se deslocar de um local para outro em velocidade indetectável. Demonstrada em "Senhor Escarlate" (quando recusou ajudar Rosie a enfrentar miméticos que guardavam um dos corredores da fábrica em Sheffield e quando abandonou sua mãe no mesmo local após um confronto com Áker).

Telecinese: Mihos pode mover qualquer objeto ou pessoa com a força de sua mente.

Invulnerabilidade: Nenhuma arma humana é capaz de feri-lo. Demonstrada em "Alfa, Beta e Ômega (Parte 2)" (em sua luta contra o General Holt, ao se defender das espadas do militar, quebrando uma com seu antebraço e a outra com um chute).

Distorção da realidade: Mesmo sem estar plenamente ciente, Mihos, como qualquer divindade, altera o fino tecido da realidade assim que possui um receptáculo na Terra.






*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 



Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Death Note

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

Crítica - Saint Seiya: Soul of Gold

10 melhores frases de Mollock (Capuz Vermelho)