Diário de Vicky Hattori - A Origem da Violinista Mascarada (Parte 11)


11º DIA: A FILHA ESQUECIDA

Andei investigando o John hoje de manhã. Aliás, logo quando terminei de escrever a página de ontem, eu liguei para ele do fixo e combinamos de estudar pela manhã e de lá eu iria com ele para a faculdade. Naturalmente, ele aceitou, o que me proporcionou a chance perfeita. Evitei mencionar sobre a foto. Nos instantes em que ele me deixava sozinha no seu quarto - fosse para beber água ou ir ao banheiro da cozinha, o dele estava com problemas -, eu vasculhava suas gavetas, o armário, o banheiro, o guarda-roupa, e nas poucas vezes em que ele quase me pegou no flagra eu disfarçava com esforço dobrado. Caramba... foi por pouco. Mas consegui um indício de suspeita. Na última vez que ele saiu do quarto - para dar uma "olhada no jardim pequeno de sua mãe' - eu o segui - estava só de meias, então não fiz barulhos - e o peguei, me mantendo escondida, ao celular, falando com alguém em um tom de voz sussurrante.

Ele desconfiou dos meus atos? Seria o irmão da Rachel ou o Maestro na linha? Seria o Maestro um grupo de pessoas? Por eliminação, já posso descartar um acrônimo de iniciais com os nomes de pessoas que conheço e conheci na vida, incluindo meus amigos. Ele não perguntou mais sobre a foto. Teria a deixado cair de propósito? Enquanto estudávamos, ele falou mal do Erick, mas não vem ao caso. É sobre a droga daquela foto. Quando voltei da faculdade, minha mãe estava em casa, ela havia retornado cedo do trabalho. E então soube a verdade. Discutimos a respeito da garota na foto.

Estranhamente, mal esbocei um semblante dramático quando ela finalmente revelou. Eu sou adotada. Minha experiência com o Sacrifitorum converteu meu coração em uma pedra de gelo. Me corto e meu sangue sai gelado. Não sinto mais calor no meu corpo. O nome dela é Aiko. Ela morreu em "circunstâncias misteriosas", segundo minha mãe, e a razão dela ser tão parecida comigo é o fato de minha mãe biológica ter servido de barriga de aluguel. Quando Aiko se foi, a mesma mulher deu à luz à mim algum tempo depois e me entregou aos Hattori para que cuidassem de mim como meus pais legítimos. Sim, ela morreu após o parto. A questão é: O que uma foto de minha irmã gêmea fazia na bolsa de John? Primeiro, irei ao cemitério onde ela foi enterrada e verificar a sepultura, tendo em vista os acontecimentos do sétimo dia. O cofre está seguro. Meu pai não estranha eu ir na casa de ferramentas à noite... e recebi um envelope branco que estou hesitando em abrir, pois nele está a marca da nota musical antes pichada no meu quarto.


CONTINUA...



*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 



Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de O Homem de Aço

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

10 melhores frases de Death Note

As Meninas Superpoderosas: A História de Brenda

O curioso destaque de Ribrianne