Baú Nostálgico #27: Jake Long, o Dragão Ocidental


                                                                                    ANTES

Em 2007, há cerca de 10 anos, eu, em plenos 11/12 anos, ainda sem sinalizar puberdade ou rebeldia - mas já tinha largado meus queridos bonecos e carros - vi uma grande safra de então novas atrações invadir a TV. Produções que foram apresentadas nesta época específica e até hoje levo comigo, tais como Zatch Bell, A.T.O.M e Danny Phantom. Mas existiu uma dentre esse grupo que se sobressaiu com muita folga, não é a toa que era um campeão de audiência no último ano da TV Xuxa voltada ao publico infantil. Jake Long era acompanhado por mim durante as férias antecedentes à volta às aulas e nos feriados no decorrer do ano. A Disney realmente não é fraca em animações televisivas, vide a própria série animada de Lilo e Sticht que expande com maestria o universo estabelecido com o filme original e as aventuras da eterna queridíssima e crush Kim Possible. E quase ia me esquecendo de Phineas e Ferb. Com nosso dragão ocidental o resultado foi magistral e olha que eu nem sabia, não fazia ideia, que isso era da Disney.

Lembro muito pouco da abertura. Quase nada, aliás. O Jake tinha uma irmã que compartilhava com ele o gene(?) ou poder para se transformar em dragão, era a Hayley. E aquele cachorro cinzento falante que tinha uma pose de sensei, acho que algo do tipo... enfim, eu preciso, de fato, rever essa belezura de desenho animado que até apostava em clichês básicos como, por exemplo, o universo colegial e o universo sobrenatural e toda essa dinâmica que compelia o personagem a conciliar as duas vidas e manter a identidade secreta que é parte da sua responsabilidade - na verdade, de quase todo super-herói conhecido.

Isso é o de menos comparado ao universo em geral do desenho. Posso não saber de cabeça cada elemento fantástico que apareceu nos episódios ou vilões secundários que Jake enfrentou, mas é seguro dizer que esse leque de fantasia só tornava a série mais atrativa. Como fã de cultura pop, nunca dispenso uma história que tenha dragões - desde que seja interessante e tenha uma boa base criativa, assim como Jake Long tinha pra dar e render. Não posso deixar de citar a relação dupla do protagonista com a vilã que também é o interesse romântico dele que não sabe que sua crush dos sonhos é filha do seu maior inimigo (acho que já vi algo semelhante anos depois, na série em CGI das Tartarugas Ninja com a relação entre Leonardo e a filha do Destruidor, a Karai - nomezinho engraçado né?). E sim, para alguém que torcia para a Equipe Rocket capturar o Pikachu e o Plankton roubar a fórmula do hambúrguer de siri, é óbvio que eu aguardava o episódio em que fosse feita a revelação que devastaria o mundo do personagem. Será que isso ocorre na série? Verei.

Acontece que depois das férias eu creio que acabei perdendo umas coisinhas. Daí a série mudou de filtro e animação, tinha uma coloração mais clara e movimentações mais soltas, foi a fase que trouxe mudanças para praticamente tudo. Jake ficou menos dragão na nova transformação, por conta da mandíbula que ficou menor e o cabelo mantendo-se no formato igual ao estado humano. O Jake da "primeira série" tinha uma aparência mais dracônica (se é que essa palavra existe), além do corpo que era mais robusto. O Jake com traços mais simples era magrinho e comprido, mas remetia ao visual popularmente difundido de um dragão chinês.

Jake Long desapareceu sem aviso da TV, embora tenha deixado sua marca ainda fresca na memória de muitos fãs que sabem curtir uma animação tão consistente e divertida quanto essa.

                                                                               AGORA

Como dito anteriormente: Irei rever. Até mesmo a fase do Jake corpo de Mushu (o dragão de Mulan).


PS1: O Caçador de dragões era sinistrinho. Impunha autoridade.

PS2: Agora lembrei que não suportava muito a irmã do Jake.

PS3: A frase icônica do personagem era muito repetida por alunos da minha classe quando viam alguma garota que não atendia aos padrõezinhos comuns de estética.

PS4: "Tá na hora de virar he...", quero dizer "Dragão na área!"



*As imagens acima pertencem aos seus respectivos autores e foram usadas para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos. 

*Imagens retiradas de: https://boomo.com.br/n/um-incrivel-guia-sobre-dragoes-parte-2-3-desenhos-animados-81458
                                     http://adjl.wikia.com/wiki/File:Magic.gif

Comentários

As 10 +

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Matrix

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

10 melhores frases de Death Note

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

Supergirl ainda não merece um filme