Como fazer uma boa sinopse?


No site Nyah! Fanfiction, no qual publico algumas histórias daqui, vejo com muita frequência autores que não se comprometem a escrever uma sinopse decente à sua obra. É um pouco deprimente você bater o olho em coisas como um diálogo prévio de personagens utilizados como sinopse ou dizeres como "a sinopse tá ruim, mas a história é boa", "não sei fazer sinopse, leia e descubra" ou, pior, "sem sinopse". Há casos e casos, obviamente. O autor pode ter uma história super bem elaborada e escrita bem trabalhada e encontrar seu ponto fraco justo na hora da sinopse. O autor pode nem levar sua obra a sério e fazer uma sinopse precária justamente por isso (eu creio que muitos achem que site de fanfic é um lugar apropriado para postar qualquer baboseira propositalmente - ou não - ruim, eu digo que NÃO, é um lugar sim também para obras mais pormenorizadas, com enredos dignos de best-seller e que merecem um lugar ao sol). O autor pode não saber fazer sinopse e escrever mal. E pode haver aqueles autores que não fazem sinopse por pura preguiça (ou por não saberem também) e quando fazem é uma linha e meia - podendo ser a fala de um personagem - e olhe lá.

Sinopse que que quer ser chamada de tal não deve ter diálogos de personagens. Nem mesmo o pensamento de um deles colocado entre aspas.

"Ah, mas a história é minha, faço dela o que eu quiser!"

Ótimo, faça, está sob seu total domínio. No entanto, saiba que existe uma maneira correta de fazer uma sinopse que possua todo o magnetismo necessário para fisgar o leitor à sua história.

Para começar, ponho aqui a definição mais sucinta e simples de compreender que achei. Da Wikipédia:

"Sinopse é a forma resumida de apresentar o conteúdo (de um filme, livro, etc) para que o leitor fique interessado (em assistir, ler, etc) sem revelar o seu final, apenas mostrando o assunto principal."

Peguei um exemplo que é a sinopse de um das minhas histórias - não foi tão aleatório. "Monstro no final do livro" é uma minissérie em 5 capítulos, publicada tanto no UL quanto no Nyah! Fanfiction. Veja a sinopse dela:

Thomas Liebman, um jovem que mora com os pais em uma pacata área residencial, acaba descobrindo a existência de um misterioso que, curiosamente, pertence a seu pai. Ao receber um alertante aviso, Thomas fica dividido entre a curiosidade quase obsessiva de ler o conteúdo da obra e a obediência para deixa-lo como está. Não demora para que o jovem perceba que está no meio de uma enorme teia de segredos e mistérios acerca do livro quando uma fatalidade relacionada ao mesmo o obriga a iniciar uma perigosa investigação.

Esta é uma síntese de todo o conjunto da narrativa. Ela apresenta pontos prévios da trama: o protagonista (o nome e o lugar onde vive), os primeiros acontecimentos que o levam ao conflito principal (a descoberta do livro, o mistério em torno dele fomentado pelo pai) e uma consequência associada à ele (a fatalidade) que serve como pontapé inicial para a trama que faz o personagem mergulhar fundo no seu objetivo até o fim. Tudo isso de forma sintetizada, nada mais e nada menos.

A sinopse é o chamado para a aventura, logo tem a obrigação de ser convincente de modo a atrair satisfatoriamente o leitor que se interessar por ela. Nada de spoiler. Spoiler e sinopse é tipo água e óleo. Em outras palavras, se tem spoiler não é sinopse, acho importante frisar isso.

Quando se trata de sinopses de capítulos aqui no blog, eu geralmente lanço-a depois da publicação. Eu separo em "tópicos". Personagem X faz isso e aquilo; Personagem Y faz isso e aquilo e acontece isto. Personagem Z tem uma ideia... É basicamente desse jeito. Aqui vai um exemplo melhor (é a sinopse do capítulo 26 de Capuz Vermelho): Rosie e Hector atrasam seus planos para a operação de resgate quando Áker, o arauto de Yuga, os alerta sobre um grave problema [qual problema?] relacionado aos Coletores. Alexia descobre que foi salva por Eleonor, e a bruxa se dispõe a ajudar a entender seu dom premonitório [de que forma?]. A esposa de Yuga, Sekhmet, surge [como?] com o objetivo de matar Rosie [para quê?] sob o argumento de que a jovem é indigna para carregar o poder que guarda.

Outro exemplo usando novamente Capuz Vermelho (sinopse do capítulo 27):

Uma assustadora visão [como isso acontece?] faz Rosie refletir sobre sua arriscada decisão acerca da proposta de Yuga. General Holt é confrontado por Sekhmet [como e por que?]. Alexia descobre sua importância [qual?] e regressa ao passado através da hipnose ficando apavorada com o que vê [o quê?]. Rosie recebe um surpreendente convite de Abamanu [como isso é feito?] para um encontro pacífico [onde?], interpretando-o como uma aparente trégua. Entretanto, parecem haver segundas intenções [quais?]

São essas perguntinhas implícitas/invisíveis que tem papel fundamental para a instigação do leitor. As justificativas e as causas só podem ser descobertas unicamente se a história for lida do início ao fim.

O que seria errado? Pegando um trecho da sinopse do capítulo 27 de Capuz Vermelho:

General Holt é confrontado por Sekhmet.

Esse é o modo certo de "sinopsar" um evento ocorrido no capítulo.

Agora vem o erro (dando um falso spoiler da situação):

Sekhmet, usando o corpo de uma agente do Exército Britânico, invade o QG com estardalhaço, beija alguns soldados na boca e seduz com carícias o General Holt em troca de uma recompensa que é a promessa de lhe dar poder e conceder todo e qualquer desejo. 

Isso é quase uma narração. O erro, decerto, está na descrição prolongada do evento. Nem cabe um questionamento de como, porque, nem nada. Lembre-se: Sinopse é resumo com informações superficiais que deixam pontas de mistério.

A sinopse, além de favorecer o mistério, pode também gerar dúvidas sobre alguma situação que nela está resumida, o que serve como preparação ao que está reservado a ser destrinchado.

Responderei a seguinte pergunta: Como pude aprender a escrever boas sinopses? (modéstia à parte)

Duas dicas importantíssimas:

1) Inspire-se... lendo.

Se você tem o desejo de construir sua sinopse com características essenciais para uma que atenda à forma correta, o conselho que dou é absurdamente simples: Leia outras sinopses. De filmes, livros, de episódios (seriados e animes), de programas diversos e etc. Faça uma maratona de leitura de sinopses, se possível. Na TV a cabo eu explorava o guia de programação e devorava as sinopses dos filmes que me interessavam, até dos que já assisti, sempre lendo e relendo incontáveis vezes.

2) Pratique

Com base nesse aprendizado, a prática deve ser priorizada pois certamente é com ela que você irá obter resultados evolutivos. Para que sente um grau de dificuldade enorme, se faz até mais necessária que a primeira etapa. Vá aproveitando as ideias que tem na cabeça e coloque-as no papel na forma de sinopses, pode ser a ideia mais boba do mundo, mas tente resumi-la como uma sinopse deve ser. Se ponha no pele do leitor nesse momento. Analise se você se interessaria por aquela história se ela não fosse sua. Repita esse processo a cada vez que for escrevendo, aprimorando e adicionando mais carga de mistério e dúvida. Eu não segui esse modelo, eu também pratiquei mas não exatamente assim, pra mim foi super fácil, então isto se encaixa melhor para aqueles que encaram sinopses como a pior parte da produção de uma narrativa. Depende bastante inclusive da visão. Cada um tem uma experimentação diferente. E não adianta querer praticar sem estar disposto. Quem quer de verdade não dá brecha para a preguiça.

Espero que isso tenha sido de grande utilidade para quem estiver lendo, seja ficwritter ou escritor comum, e pede arrego sempre que precisa dar um texto prévio da história que é o procedimento mais simples, na minha opinião.

Deixei no marcador Contos por esse recurso também estar presente nesse tipo de história.



*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos. 

*Imagem retirada de: http://cienciasnohirama.blogspot.com.br/2015/04/atividade-no-caderno.html


Comentários

As 10 +

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Matrix

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

10 melhores frases de Death Note

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

Supergirl ainda não merece um filme