Capuz Vermelho - A Enciclopédia: A condição sobrenatural


AVISO:

*Não veja esta postagem se não leu nenhum capítulo desta série ou uma temporada inteira. Caso o contrário, poderá se deparar com SPOILERS.

*Sujeita a atualizações.
 ________________________________________________________________________________

Como se pode determinar que algo é legitimamente sobrenatural em Capuz Vermelho? 

A resposta pode ser encontrada na essência pura do poder e como ele se conecta à sua "caixa mantenedora". Pegando como exemplo, os lobisomens (na série comumente chamados de licantropos), não importando de qual espécie: A licantropia é uma toxicidade de origem sobrenatural, podendo ser transmitida como um vírus através da mordida, portanto quem for contaminado e assumir esse estado é tido como sobrenatural podendo usufruir dos mesmos atributos de quem o transformou. Tudo que gira em torno disso tem a ver com totalidade.

Humanos com acesso a poderes divinos... 

Se for humano mortal, obviamente está longe de ser considerado no patamar dos deuses. Isto vale para humanos que manejam artefatos divinos ao ponto de evocarem suas funcionalidades para defesa e ataque. Nenhum humano mortal é sobrenatural. Nem mesmo quando se torna portador provisório de alguma arma divina cuja posse foi abdicada pelo deus/portador original e deixada na Terra.

Seres que são proles de deuses e humanos.

Embora altamente raros, os semideuses não estão em nível de consideração sobrenatural. O hibridismo é um peso contra. Especificamente, o lado humano que configura a não-sobrenaturalidade. Em suma, semideuses não estão em pé de igualdade a deuses, o lado humano não fortalece de modo a faze-los superarem o lado sobrenatural de seu DNA. O fato de serem metade humano/mortal implica diretamente em não serem sobrenaturais.

As quimeras de Robert Loub

Criaturas cuja origem é laboratorial. São produtos gerados pelo conhecimento científico humano e tudo que é atrelado à ciência para fins e recursos que sejam associados ao sobrenatural não deve ser considerado como tal. Ainda que as quimeras tenham características de espécies de licantropos, originalmente são humanos mortais com estrutura celular modificada à base dos traços mais notáveis dos seres que são programadas para emular.

O fator imortalidade + bruxaria

Bruxas e magos ao longo da aprendizagem e prática da magia (pura ou negra) geram inconscientemente em suas almas energias conhecidas como Chackra (não tem nada a ver com Naruto, ok?) e Reiki. O Chackra é ligado às bruxas enquanto o Reiki aos magos, numa dualidade entre masculino e feminino como uma lei imposta pela própria magia. Como adquirem esses recursos e arraigam-os dentre da essência que é o ponto de partida da canalização da magia, certamente são sobrenaturais, pois é algo que ultrapassa a superfície que é o sangue (licantropia e correlatos) e atinge a consciência, espírito e alma. Quanto a imortalidade, ela está intrínseca à magia e outros sobrenaturais que manifestam suas capacidades pelo sangue infectado (vampiros, como exemplo mais clássico), além dos deuses e seus subordinados que são imortais por natureza (afinal, são uma forma de vida superior aos habitantes do plano terreno).

E Rosie Campbell?

A personagem, ainda recém-nascida, recebeu a energia essencial de Yuga (divindade solar) como forma de abdicação pelo fato do seu próprio éter ter se tornado um veneno que o mataria aos poucos por conta da sua luta contra Abamanu que o consumiu bastante. Rosie foi a humana escolhida para purificar esse poder à medida que fosse crescendo e a eficácia do processo dependeria de gatilhos emocionais como fúria ou empolgação. Ele foi usada basicamente como "ogiva nuclear" ou, melhor dizendo, mecanismo de depuração. Antes de receber o brasão de Yuga miniaturizado no início da quarta temporada, ela mal tinha controle sobre a energia. O brasão serve como ignição para ativar o poder da fênix apoteótica (nome designado a alguém que recebe a energia de um deus solar) e necessita de uma "palavra mágica" (Apotheosis) devendo ser falada em voz alta, além de ser "ponte de ligação" entre a energia própria e a purificada de Yuga dentro de Rosie. Pode-se dizer que o deus "emprestou" esse poder à ela. Alguém com meios de absorção poderia tomar de volta e devolver à ele de alguma forma. O próprio Yuga pegar de volta é impossível, pois ele abdicou da posse. É como doar um órgão vital e estar consciente de que não vai receber nada equivalente em troca. Direto ao ponto: Rosie possuir tal energia dentro de si como um presente oferecido por um deus de segundo escalão não a torna sobrenatural. Não é algo que ela gerou, não é uma condição inerente ou que ela obteve por treinos e prática. Ela não é semideusa também porque é humana mortal e filha de dois humanos mortais. Rosie é humana mortal dependente de energia divina abdicada - que só pode ser acionada com o brasão que estabeleceu ligação com o poder e sem ele não pode ser capaz de usar, o que a deixa vulnerável a coisas que normalmente podem matar humanos mortais (tiros de arma de fogo, esfaqueamento, traumatismos etc).


*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos. 

*Imagem retirada de: http://dakila.com.br/paranormalidade-e-dualidade.html

Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de O Homem de Aço

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

Não era pra ser Kami-Sama na dublagem? [Resposta ao Bunka Pop]

10 melhores frases de "V de Vingança"

10 melhores frases de Death Note