O que acho dos vídeos de reação no Youtube...


Pode ser apenas um modismo virtual passageiro que gera memes e tudo mais ou uma estratégia voltada unicamente ao ganho de inscritos mais aumento de visualizações e curtidas (a maioria dos youtubers preocupa-se com isso e acho válido quando não se torna mendicância porque limite é necessário e estabelecível). Ultimamente tenho visto uma nova onda que tem se alastrado por vários tipos de canais. Alguns desses vídeos não param de ser recomendados a mim e em vista da minha opinião eu comecei uma "faxina". Tem lá aqueles três pontinhos perto do título do vídeo, você clica e surgem pelo menos quatro opções e se tratando de vídeos assim, os famigerados Reacts, não hesito em clicar na primeira, a super-necessária "Sem interesse". Não só com Reacts, mas outros temas que eu desprezo (muitos deles provindos do amado-odiado "Em Alta") também estão sendo varridos para que o Youtube ajuste minhas recomendações e apresente o que realmente me interessa e me atrai.

É bem verdade sim que não acho explicação para a proporção que essa mania tomou. Outra verdade sobre minha visão é que canais que são totalmente dedicados à esse hobby... são desprovidos de conteúdo (com todo respeito a quem curte). Não é haterismo da minha parte, fique bem claro. Só não vejo razão para divertimento/entretenimento numa coisa que à princípio é boba. Assistir alguém assistir uma coisa que você já assistiu. Exemplo: Viu o episódio de Dragon Ball Super, acessa o Youtube, encontra um React (não importa se é gringo ou BR) desse mesmo episódio e vai lá e assiste porque a reação desta pessoa é muito importante. Certo? Não. Na minha experiência, não vi a mínima graça. Seria até grosseira chamar de desocupado quem pratica tal hobby (gravar suas reações), porque vai que precisa pagar as contas e tem que monetizar o negócio, embora eu não aprove apelar para esse tipo de coisa pois existem outras formas de lançar conteúdo para estar bem financeiramente. Também não chamo de desespero pelo fato de cada um ter suas predileções e acho bom respeitar.

Só que tem um porém chamado autenticidade da reação. Acho que quem consome diariamente esse "conteúdo" no Youtube talvez não se ligue muito nos detalhes, na linguagem corporal expressada pelo youtuber que está lá fazendo caras e bocas para algum episódio de série/anime ou trailer de filme. Não existe análise quando se enxerga aquilo como diversão sem compromisso. Uma reação exagerada geralmente não transmite verdade, podendo ser mais falsa que uma nota de 3 reais. O lado negro, por assim dizer, disso tudo é a considerável possibilidade do youtuber ter visto o episódio (ou qualquer outro vídeo do Youtube que escolha "reagir") antes de ligar a câmera. É desonesto pra não dizer sacanagem com o público. E acredito sim que haja quem faz uso dessa "artimanha" e nesse caso a visibilidade por likes e inscritos de vento em polpa beira à obsessão. Sei que números são importantes, é excelente acompanhar o crescimento do canal, mas priorizar o desejo de ter números exorbitantes, alcançar tal meta de inscritos, em detrimento do que realmente importa, que é o conteúdo, nada mais é que um erro. Mas o que isso importa quando tem quem goste do seu conteúdo (ou a falta dele) exatamente do jeito que ele é? Ninguém liga pra essa inversão de primeiro e segundo planos. Se está atraindo, por que diabos parar? É assim que a bagaça funciona e me resta lamentar a respeito de quem lucra com o que ousa chamar algo vazio de conteúdo.

Eu particularmente acho vazio. Euzinho aqui. Você se empolga vendo a reação da pessoa sem ligar que ela pode até ser insincera? Tudo bem, divirta-se.

Afinal, não dê pérolas aos porcos, dê lavagem. Dito popular que tem encaixe perfeito nesta situação. Gosto no mínimo se respeita e no máximo se lamenta. É outro também. Busco coisas que me agregam conhecimento e sou muito seletivo quanto a entretenimento no Youtube, por essa razão não me inscrevo em qualquer canal. Tem a questão de saber separar as coisas, pois há casos e casos. Não vou me inscrever num canal sobre Dragon Ball que cria títulos caça-cliques e mentirosos para as notícias e/ou faz reacts ocasionalmente só porque é Dragon Ball, um anime que adoro desde criança. Assim como também não vou cancelar a inscrição porque X canal sobre Dragon Ball, que traz bom conteúdo, com certo tempo em atividade, resolveu atender pedidos da maioria esmagadora do público para fazer reacts dos episódios mesmo que isso não se torne o carro-chefe.

Como trato canais com temas que não curto e fazem reacts e aqueles que são projetados para reacts? Ignoro. Assisto Youtube para me divertir com o que eu gosto. Não vou aderir à mania como espectador por causa da proliferação massiva desse estilo de "conteúdo" (duas aspas não são suficientes) e sinceramente não vejo porque. De qualquer forma, cada um consome o que melhor lhe desce. E reacts, no meu ponto de vista, não é um deles, pois procuro fartura de diversão com coisas que eu possa tirar conhecimento, reflexões e até mesmo aprendizado. E não vai ser assistindo pessoas assistirem algo que vou encontrar tais coisas. Logo, minha reação à essa mania é uma só: Indiferença.


*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos. 

*Imagem retirada de: http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2017/05/04/facebook-libera-reacoes-tambem-nos-comentarios/

Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Matrix

Crítica - Combatentes da Liberdade: Ray

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

10 melhores frases de "V de Vingança"