Capuz Vermelho - A Enciclopédia: Armas e artefatos (Parte 1)


AVISO:

* Não veja esta postagem se ainda não leu nenhum capítulo da série ou uma temporada inteira. Caso o contrário, poderá se deparar com SPOILERS.

    ____________________________________________________________________________


Talismã/Amuleto de Abamanu 

Graças a este objeto, o deus-quimera torna possível seu total domínio sobre a lua e suas quatro fases, incluindo seus fenômenos raros. O modo como o mesmo o obteve permanece desconhecido, mas sabe-se, através de especulações ditas pelos soldados mais leais do exército, que o amuleto se materializara dentro do corpo da divindade durante todo o processo de nascimento. É conhecido por intensificar os poderes de Abamanu, inclusive servindo para dar origem à suas armas, onde pode-se constatar sua capacidade de alterar sua forma quando incitado pela vontade de seu portador.

Após seu épico e lendário confronto com Yuga (divindade solar pertencente a outro panteão), Abamanu decidiu armazenar os bens que considerava mais preciosos em uma cripta subterrânea, enterrando-os sob o solo das Ruínas Cinzas, local onde a batalha se findou e palco do decreto da trégua. Dentre as relíquias estava o poderoso amuleto. Vários anos mais tarde, o mesmo foi retirado pelos primeiros seguidores humanos de Abamanu, os quais abriram sua cripta. Gerações depois, ele foi fixado à estátua de Abamanu, criada pelos Red Wolfs como a imagem de veneração. Quando a fraternidade se deparara com o primeiro caso de heresia em toda a história, ele foi dividido em cinco partes, tendo elas espalhadas por locais secretos na Inglaterra. Tornou-se inteiro novamente na noite da Lua de Sangue, mas dividiu-se mais uma vez quando Rosie Campbell, a filha do herege, fora enviada para dimensões alternativas com a missão de unir as peças do amuleto ao vencer desafios propostos. Após o retorno de Abamanu à Terra, o mesmo o reouvera completamente intacto.

Características: 
Seu formato é redondo e sua matéria-prima é constituída por uma liga metálica não pertencente a nenhum universo ou mundo conhecido. Prateado. Possui linhas retas que denotam a divisão de suas cinco partes, sendo quatro representantes das fases da lua. A parte central - um pequeno círculo metálico - abriga uma safira vermelha, a qual simboliza o fenômeno conhecido como "Lua de Sangue". Em seu verso está uma linha curva, denotando uma meia-lua - emblema do império de Abamanu.

Utilidades:
Através da alteração de sua forma e matéria pode-se transformar no escudo prateado de Abamanu - a partir do qual provém a sua espada. Outra funcionalidade sua é a de conjurar um tipo específico de portal quando erguido para cima por seu portador. O ato serve como força de atração para a manifestação do portal na forma de um raio de luz branca que desce do céu ao encontro do chão, levando o portador consigo para outro local imaginado por ele. Como prova da concretização do ato de teleporte/fuga, afixa-se no chão o símbolo da meia-lua permanentemente, sendo essa a única desvantagem quando o portador do amuleto pensa em esconder seus rastros.

Apareceu em:
1ª Temporada (maior parte dos capítulos estando dividido)
2ª Temporada (também em partes na maioria dos capítulos, apenas sendo mostrado inteiro em 21: "Último desafio" e em 24: "Cerimônia do despertar - Parte 2")


Lâmina Superior

Ainda sabe-se pouco a respeito desta fabulosa e misteriosa espada. O que se tem de concreto é que seu poder destrutivo é inestimável e proporciona imbatibilidade inquestionável àquele que tiver a honra de empunha-la. Sua origem é desconhecida, bem como a identidade daquele que a forjou. Possivelmente uma espada pertencente à outro universo/mundo ou parte do arsenal de armas dos bonecos Repo. Um deles - auto-denominado simplesmente de Guia - a nomeou assim, deixando evidente que o verdadeiro nome da espada é oculto - até mesmo para ele. Seria ela a famosa Excalibur? É uma das muitas especulações de quem já a viu...

Utilidades: 
Despedaçar qualquer inimigo, bastando poucos cortes para isso graças ao seu excelente fio.

Apareceu em:
2ª Temporada (capítulos 13: "Bem-vinda ao desconhecido", 14: "É Guerra" e 21: "Último desafio")



*A imagem aqui publicada é propriedade de seu respectivo autor e foi usada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 

Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Coringa

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Death Note

Mais 50 fatos sobre mim (Parte 2)

O fim (?) de Dragon Ball Super

Crítica - Boneco do Mal