Crítica - Dragon Ball Super (Arcos 1 e 2)

Divulgação: Toei Animation 
Após o anúncio de que um novo anime de Dragon Ball estava prestes a estrear, me veio à mente um único pensamento: A exclusão definitiva dos eventos de Dragon Ball GT. Até aí tudo bem, afinal de contas era a continuidade da saga Boo há muito aguardada pelos fãs e que serviria para varrer da memória os frustrantes enredos do equivocado GT. Inicialmente li o mangá, especificamente apenas seu primeiro capítulo, mas não fui adiante pois canalizei minhas expectativas especialmente ao anime.

Por fim, recentemente, dei uma pausa, parando ao final do segundo arco do anime. Por enquanto, não pretendo conferir a nova saga (Torneio no Sexto Universo/Deus da Destruição Champa), prefiro deixar mais episódios serem lançados em vez de acompanhar semana por semana um episódio inédito. Do contrário, seria bem maçante, então, no caso, melhor ser paciente (comigo é assim com animes, mas com séries de TV a coisa muda de figura... é estranho).

Primeiramente devo dizer que esta nova série, em diversos aspectos, não se equipara ao nível de qualidade da fase anterior. Inegavelmente não é mais o mesmo anime. Contudo, certos detalhes não o tornam de todo ruim. Tudo permanece lá: Goku e seus amigos com todas as personalidades mantidas (espera aí, nem todos: Nº 18 e Videl, falarei mais abaixo sobre ambas), o mesmo estilo de lutas, o mesmo ritmo... É árduo explicar, mas facilmente entendível. O mundo em Dragon Ball Super está totalmente diferente desde os catastróficos eventos da saga Boo. O clima mudou. Mas ainda, no fundo, demonstra ainda possuir as características que o fazem ser o fenômeno que sempre foi.


Arco 1 - A Batalha dos Deuses

Devo confessar que desanimei ao saber que a primeira saga do anime não passaria do filme lançado em 2013 em uma versão arrastada e entediante - com algumas diferenças, o que também, infelizmente, não auxiliou em nada. É compreensível, de fato. A óbvia intenção de não se aproximar da saga do mangá (algo muito utilizado por vários animes, como Bleach, por exemplo). Não irei tecer comentários a respeito, pois já havia escrito e publicado uma review sobre o filme aqui no blog (da qual não retiro uma vírgula sequer). Quem sabe o mesmo ocorra com um possível novo filme, isto é bastante provável, logo pode ser que ainda teremos que aturar mais desses episódios reproduzindo os mesmos eventos do filme.

O ponto no qual me sinto obrigado a discutir é a qualidade da animação.

O polêmico episódio 05, no qual Goku enfrenta O Deus da Destruição, Bills, no planeta do Sr. Kaioh, transformado em Super Saiyajin 3. Definitivamente, os traços estavam terríveis. Havia visto algumas imagens dias após o lançamento do episódio em questão, mas o assisti por mera curiosidade... apenas para sentir o gosto amargo da decepção. Disparado o pior episódio desta nova fase. Instável, repleto de erros grotescos e um tanto chato.

O filler focado em Vegeta entregou tudo o que tinha a oferecer. Foi somente um bom episódio, nada mais do que isso.

Minha visão acerca de Bills e Whis tornou-se mais tolerável com o decorrer da história. Estranhamente, eles surgem menos intragáveis do que no referido filme. Talvez eu tenha assumido e aceitado a ideia do quão relevantes eles são para certos momentos do anime. A presença de ambos foi se tornando de suma importância, de modo a fazer-me aceita-los exatamente como são e como agem. São personagens para se odiar no início e se acostumar com o tempo. Portanto, minha antipatia por eles diminuiu consideravelmente, mas sinto que ainda precisam melhorar e muito.

Confesso também não ter assistido o filler no qual Pan nasce (Não vejo necessidade do nome da personagem ser este, faz remoer o fiasco que ela foi em GT). Então, nada a declarar sobre.

E o que dizer do episódio 15? Onde o impensável ocorreu: Mr. Satan "transformando-se" em Super Saiyajin. Achei animador o fato do "salvador da Terra" ter todas as características mantidas. Bastante apagado no filme, o enfoque destinado à ele nesse episódio foi merecido. A princípio, pensei ter sido um episódio descompromissado, uma trama para não se levar a sério um minuto sequer. Foi divertido, cumpriu seu papel como episódio fora do cânone e julgo-o como o melhor filler da saga.

NOTA: 6,0 - REGULAR

Veria de novo? Provavelmente não.

Melhor episódio: 14 - "Este é todo o meu poder! A decisão da Batalha dos Deuses!"
Pior episódio: 05 - "O confronto do planeta Kaioh! Goku vs Bills, o Destruidor!"
Melhor E.T (Episódio de Transição): 15 - "O Herói Satan faz um milagre acontecer! Um desafio vindo do espaço!"


Arco 2 - A Ressurreição de Freeza

Esta pequena review sobre esta saga compartilha de algo que a review do filme possui: Um veredicto positivo. Com 10 episódios (iniciando do 18 e finalizando no 27), este arco soou mais ágil que o anterior, muito devido, claro, à minha boa recepção quanto ao filme lançado no ano passado. As pequenas diferenças tiveram certo destaque (Champa e Vados fazendo breves aparições, por exemplo). As únicas coisas que não mudaram foram a presença de Jaco (não funciona como alívio cômico, mas está tão divertido quanto no filme), a de Bills e Whis, o exército numeroso de Freeza, o sorvete oferecido por Bulma (cujo nome não me lembro) aos dois seres superiores, Freeza dourado, cabelo azul... Enfim, todos os elementos que tornaram o filme uma experiência prazerosa.

Os traços da animação não estão exageradamente forçados como em alguns episódios da saga anterior. Especificamente, a cena em que Piccolo tenta salvar Gohan me remeteu à lembrança da Saga dos Saiyajins, foi um déja vú interessante.

A qualidade deu um satisfatório salto, tal qual nos eventos levados às telonas.

NOTA: 8,5 - BOM 

Veria de novo? Provavelmente sim.

Melhor episódio: 26 - "Uma oportunidade de vencer! O contra-ataque de Son Goku!"
Pior episódio: Nenhum.


Review A Batalha dos Deuses: http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2014/09/critica-dragon-ball-z-batalha-dos-deuses.html

Review A Ressurreição de Freeza: http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2015/08/critica-dragon-ball-z-o-renascimento-de.html


Comentários

As 10 +

10 melhores frases de Vegeta

10 melhores frases de Fullmetal Alchemist

10 melhores frases de O Homem de Aço

10 melhores frases de Coringa

Gifs assustadores que não vão deixar você dormir! (Especial Palhaços)

10 melhores frases de Cavaleiros do Zodíaco

10 melhores frases de Death Note

8 momentos mais vergonhosos de Vegeta

10 melhores frases de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy

Enquetes Dragon Ball #12 - Vencedores!