quarta-feira, 11 de maio de 2016

Novidades (O que vem, o que vai e o que fica!)


O mês de Maio no ano retrasado (2014) marcou a mudança repentina do nome do blog e a alteração visual do mesmo, as novidades foram surgindo aos poucos, conforme eu me empolgava para mergulhar naquela fase que perdura até hoje (ou pelo menos está similar em alguns elementos ainda permanentes) eu lançava as ideias que surgiam rapidamente, muitas delas, contudo, já não dão mais o ar da graça por aqui (as séries Biografia Nerd e Para Debater, canceladas ano passado). E por falar no 2015... bem, só consigo dizer que foi a etapa do blog mais agradável até agora, um segundo ano satisfatório, no qual no mês de Maio fiz um "Upfront" do que viria para o resto daquele ano. Todavia, certas coisas tiveram de ser adiadas para 2016 (exemplos: Survival Game e Crônicas da Raposa, falo mais abaixo a respeito de ambas). Na época também alterei o visual do blog, tornando-o mais dark de certa forma. Visual este que muito provavelmente vai perdurar por mais alguns anos, dependendo do que o futuro me reserva, posso muda-lo repentinamente ou permanecer com ele até o dia em que meu corpo estiver abaixo de sete palmos da terra.

Enfim, direto ao ponto: Maio é, definitivamente, o mês das novidades pintarem por aqui. Assim será enquanto eu mantiver o UL ativo ou enquanto responsabilidades maiores não aparecerem (em outras palavras, um emprego, curso, faculdade, ou qualquer outro afazer que reduza meu tempo livre e sei que pode estar iminente assim como também pode não estar... o tempo vai responder essa questão).

Confira abaixo o que andei preparando para o resto do ano e para um pouco do próximo:


O que vem:

- Retornos de Baú Nostálgico e Classic Creepys (ambas descontinuadas logo na primeira edição).

- Segunda temporada de Survival Game (2017)

- Frank: O Caçador (spin-off de Nem Tudo É O Que Parece).

- O Estranho (nova série)

- Crônicas da Raposa (nova série e spin-off de Contos do Corvo)

- Capuz Vermelho Zero (minissérie em 5 capítulos; prelúdio da série).

- Quarta temporada de Capuz Vermelho (ainda neste ano)


O que vai:

- A categoria Reflexão, após dias e dias em um "vai-e-vem" indeciso, deverá ser aposentada. Sei que não deixei muito claro, mas o último texto (Inalcançável Cura) aborda essa minha desistência para com os desabafos que escrevia como "calmante" ou um tipo de "morfina literária". Mas a verdade é que... já deu. Alguns foram libertadores, outros não surtiram o efeito desejado (não tem nada a ver com comentários e visualizações, mas sim de se reerguer mediante às dificuldades). Não pretendo me desfazer de nenhum deles, mas também não cogito um revival. Embora não me tirassem da merda das crises depressivas, foram essenciais para evoluções na minha escrita. Se eu tiver que me desprender da tristeza, da dor e de todo o desconforto e mal-estar que as adversidades me fazem carregar eu simplesmente escreverei algumas frases curtas em postagens no G+ de vez em quando. Porém, não mais por aqui.

- Mitologia em Foco. Infelizmente cancelada :(


O que fica:

- As críticas de filmes, séries e animes.

- A série 10 melhores frases (OBS: Ela retornará apresentando somente frases das séries publicadas aqui no blog, não mais de personagens de outras obras - como filmes, animes, HQs e séries de TV - muito menos de artistas musicais ou pensadores filosóficos e escritores famosos). Um bom exemplo dessa mudança, e que serviu muito bem para defini-la como certa, foi o post especial sobre Capuz Vermelho onde listei frases ditas pelos personagens da série nas duas primeiras temporadas. Aquele seria o último da categoria, pois na época considerei aposenta-la e cancelar a série, mas pensei muito bem a respeito e resolvi dar esta segunda chance passando a priorizar os títulos das minhas criações.

- As Enciclopédias das séries.

- As One-Shots de terror (Tentarei escrever mais delas futuramente, entretanto não serão tão abundantes como nos primórdios do blog, portanto serão bastante ocasionais).


Bônus: O que jamais irá voltar:

- Os vídeos e Gifs de terror. Honestamente, digo que fugiam e muuuito da proposta do blog, não fazia o menor sentido inseri-los, mas a teimosia gritou mais alto. No entanto, não pretendo excluir os posts nos quais eles estão contidos, por mais destoantes que sejam. Pelo menos não neste ano.
Ah, claro, não deixaria de voltar a mencionar Biografia Nerd (não conseguiu passar da edição 11) e Para Debater (havia temas planejados a serem abordados, mas não foi adiante, não seguiu a partir da quinta edição), tendo o principal motivo para os cancelamentos o meu comprometimento com as séries de ficção e terror.


Sobre Nem Tudo É O Que Parece

Desde Fevereiro eu, de fato, considerava o status da série como sofrendo perigo de cancelamento. Foi uma luta tremenda para decidir o futuro dela, houve semanas em que, mentalmente, eu já dava como certo o fim da série por inúmeras razões. A principal delas é: O desgaste. Era iminente, já estava à espreita há um bom tempo, só aguardando para ferrar com tudo. Desde o início eu já o temia. Eu pensava comigo mesmo: "Cedo ou tarde esse formato vai esmorecer, então ou vou ter de cancelar ou apostar em outro". O caminho mais curto e fácil é bem óbvio. Porém... eu determinei que não. Não vou largar o osso assim tão facilmente. O motivo pelo qual eu não a incluí no grupo das canceladas foi por acreditar que ela ainda pode ir mais longe. Que eu posso ir mais longe, sobretudo. "Nem tudo é o que parece" não chegaria a passar da última edição publicada (#35), então só havia duas direções a seguir: O cancelamento ou um novo hiato. O hiato, por sua vez, precederia um cancelamento que seria anunciado sem muito barulho, caso eu não tivesse mais ideias, eu adotaria o pensamento de que a série já não acrescentaria mais nada ao blog por conta da escassez. Por outro lado, viria o cancelamento rápido, desconsiderando outra pausa, nesse caso eu abandonaria a série definitivamente.

O que escolhi? Bem... foi difícil, muito difícil... mas eu me dei conta de que se a série chegou até esse ponto - 35 edições -, tornando-se a atual série mais longeva do blog, só tenho a dizer que necessito que ela permaneça. Uma série que, à primeira vista, mal passaria de oito ou dez edições ter chegado à esse número é motivo para eu me orgulhar da minha persistência, batalhando contra o desgaste que insistia em deixar sua marca profunda e selar o fim dela. Aliás, à primeira vista, só teria apenas uma única edição, se eu não tivesse abraçado a brilhante ideia de serializa-la.

Tive medo, é claro. Das histórias não convencerem mais à medida que a série fosse avançando - pelo menos foi isto que a sombra do desgaste quis me alertar. Resolvi então desprende-la desta sombra, encontrar a luz que a manteria viva por mais algum tempo. Na verdade, tudo o que ela mais precisa é de um descanso. Um loooongo descanso. Aí você me pergunta: Então é claro que só pode ser hiato de novo, não é?. Sim, novamente e necessariamente. Evidentemente, com isso, ela perderá o atual posto de série mais longa do blog, tendo Capuz Vermelho fazendo-a comer poeira e conseguir esta façanha (sem querer desmerecer as outras rsrs). "Nem tudo é o que parece" ainda possui potencial de seguir adiante com o mesmo formato que se deu desde seu início. Persistirei lutando contra essa sombra que sempre ameaçou a série, sempre procurando buscar crescer criativamente com ela, adquirindo inspirações sempre que for possível. É cedo para um fim, é cedo para uma rendição.

Próxima pergunta: Se assim for... então quando ela volta?

No presente momento é impossível pra mim estipular uma data exata de retorno. O que se tem de concreto: Ela dificilmente voltará ainda esse ano. Início do ano que vem talvez? Talvez. Muito provável, eu creio. Como eu disse: Um longo - e merecido - descanso.


Sobre Survival Game e Crônicas da Raposa

A primeira foi confirmada em Maio passado e sua sinopse publicada em Novembro do mesmo ano, cuja data de estreia era em 15 de Dezembro - antecedendo a estreia da 3ª Temporada de Capuz Vermelho. No entanto, para minha infelicidade, tive que adia-la para Janeiro (26/01). Publiquei o primeiro capítulo no dia estabelecido, mas acabei por não seguir com ela, mesmo 90% da trama já segmentada na minha mente. Hiatus de três meses.

Já a segunda foi confirmada também no mesmo mês do mesmo ano e no mesmo post, sem ter seu título revelado, sendo tratada somente como "Spin-off de Contos do Corvo". No post das "estreias de fim de ano" liberei a sinopse oficial da 1ª Temporada... mas aí veio a desgraçada da procrastinação. Resultado: Não rolou prólogo em Contos do Corvo (que deveria ter sido publicado antes da estreia do derivado) e o spin-off não estreou na data postada. Editei o post, mudei para 25 de Fevereiro de 2016. Mais uma vez não decolou. Não havia absolutamente nada escrito no rascunho. Novo adiamento: Setembro de 2016, sem dia confirmado. Esta escolha foi a mais acertada, pois eu sabia que Contos do Corvo retornaria antes (ela ficou pausada em Dezembro e Janeiro, só voltando em Fevereiro) e apresentaria o prólogo também antes. É muito provável que a série do contador de histórias entre em novo hiato pouco antes da estreia de Foxy e sua turma, só retornando ano que vem - quando o spin-off adentrar em seu primeiro hiato, muito possivelmente.

O que farei? Com relação à Survival Game tentarei escrever os capítulos dessa 1ª Temporada durante todo o resto do ano em dias aleatórios (sobre a 2ª Temporada falarei noutro post). Apenas Capuz Vermelho (ela que, honestamente, tem sido minha favorita e a causa dos adiamentos) e Contos do Corvo permanecerão com seus dias de publicação normais (Quarta/Sábado e Sexta/Sábado, respectivamente).

Eu impus um desafio à mim mesmo, intencionando testar meus limites como contador de histórias, mas quebrei a cara, me desiludi completamente. Nunca que eu conseguiria manter 4 séries diferentes em um mesmo status. O Estranho está incluída nesse grupo, mas sua data de estreia também foi alterada. Fui ingênuo ao não perceber minhas limitações, tanto de tempo quanto de paciência (esta sim cada vez mais minguada). Passo horrores de dificuldades, que vão desde visitas inconvenientes ao barulho que o vizinho faz. Bem, ainda estou aqui, considero os dias de luta como treinamentos que me estimulam a escrever cada vez mais, então talvez seja esse o lado bom desse tipo de situação.

Então, eis a verdade: Consigo, no máximo, cuidar de três séries. Mais do que isso é pedir para cancelar uma ou até duas.

Não desisti das publicações no Nyah Fanfiction e nem pretendo, mas pelas decisões acima haverão atrasos. Por lá, a publicação da 3ª Temporada de Capuz Vermelho só poderá se tornar certa quando eu definir a data de estreia da temporada seguinte. Survival Game e sua temporada inaugural apenas em 2017 (quando estrear a segunda por aqui). O Estranho e Crônicas da Raposa também no ano que vem, sem datas definidas para serem apresentadas por lá.

Post das estreias que publiquei ano passado, editado/atualizado:

http://universoleituracontoscreepys.blogspot.com.br/2015/11/calendario-das-estreias.html



*A imagem acima é propriedade de seu respectivo autor e foi usada e editada para ilustrar esta postagem sem fins lucrativos ou intenções relativas a ferir direitos autorais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Críticas? Elogios? Sugestões? Comente! Seu feedback é sempre bem-vindo, desde que tenha relação com a postagem e não possua ofensas, spams ou links que redirecionem a sites pornográficos. Construtividade é fundamental.