terça-feira, 11 de agosto de 2015

10 principais Mecânicas de um Final Surpreendente


Olá, antes de tudo, para os que leem(?) este post, feito especialmente para aqueles que pretendem seguir um rumo no universo da escrita de ficção. Abro esta postagem com algumas perguntas: O que caracteriza um final surpreendentemente? O que o torna realmente bom? Quem sabe você, que esteja lendo, possa saber a resposta, se está em seus primeiros passos nesse mundo fantástico. Ou, se já estiver nele, encontra-se em determinado nível.

Os termos abaixo referem-se ao que verdadeiramente representa um final (ou qualquer outro elemento) de fazer o leitor ficar boquiaberto enquanto acompanha aquela história que o prende. Talvez você os conheça, talvez não... Enfim, confira:


1 - Plot Twist 

Este, ao meu ver, é um dos mais conhecidos. Se tratando de finais surpreendentes, o Plot Twist ocorrido exatamente nesse ponto é um desfecho inesperado de uma obra de ficção, fazendo com que o leitor reflita sobre os personagens ou até mesmo reavalie a trama.


2 - Anagnórise 

Também chamada de descoberta. É quando um personagem toma conhecimento profundo sobre sua real natureza, identidade e essência. Graças à esta técnica, informações anteriormente desconhecidas sobre tal personagem são reveladas.


3 - Peripeteia

Caracteriza-se como uma inversão da fortuna do protagonista, seja para o bem ou para o mal, surgindo a partir das circunstâncias do personagem de maneira natural. Deve possuir lógica dentro do enredo.


4 - Justiça Poética 

Mecanismo literário no qual determinado personagem é recompensado por suas virtudes e, por outro lado, punido por seus vícios, devendo possuir, obrigatoriamente, uma conexão lógica com o ato. É usado, na literatura moderna, para criar Twists irônicos, nos quais o vilão é encurralado por sua própria armadilha.


5 - Flashback

Este com certeza não exige uma explicação demasiadamente detalhada, por ser um dos mais conhecido - senão o mais. Há uma quebra na sequência cronológica da narrativa para, justamente, exibir fatos ocorridos anteriormente.


6 - Narrador não-confiável 

É responsável por causar uma certa distorção no final, manipulando ou inventando histórias anteriores, o que faz com que o leitor questione suas suposições prévias sobre o texto.


7 - Deus ex machina 

Termo em latim que significa "deus vindo da máquina". Diz respeito à um elemento improvável ou inesperado, que inclui personagens e/ou eventos inseridos repentinamente para resolver uma situação ou ajudar no desenrolar da trama. Moderna e figurativamente, o deus ex machina é aquilo que carrega o desfecho de uma narrativa através de um modo inesperado, sendo geralmente apresentado de maneira feliz, para aquele problema que parecia ser irresolvível.


8 - Red herring 

Um red herring nada mais é do que uma falsa pista, atrasando e/ou distraindo o protagonista que quer encontrar a solução para aquele mistério/problema. Comumente utilizado em romances policias e ficções de suspense. Esta mecânica é usada como falso orientador, que também afeta o leitor, afastando-o da resposta correta.


9 - Chekhov's gun 

Diz respeito à uma situação em determinado personagem ou elemento do enredo passa a ser inserido no início da história. A utilidade do item não é vista no começo até que ganha certa relevância na narrativa.


10 - In media res 

Termo em latim, que significa "no meio das coisas". É uma técnica literária onde a trama se inicia na metade da história, ao invés de ocorrer no início. Por meio de flashbacks, os personagens, conflitos e cenários são introduzidos ou também através de personagens que relatam entre si acontecimentos passados.


Trechos retirados e adaptados de: Wikipedia 

2 comentários:

  1. otimas dicas cara... se eu tivesse lido antes teria feito um final um tento diferente pra minha história... curti o seu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, espero que aprecie os outros posts :)

      Excluir

Críticas? Elogios? Sugestões? Comente! Seu feedback é sempre bem-vindo, desde que tenha relação com a postagem e não possua ofensas, spams ou links que redirecionem a sites pornográficos. Construtividade é fundamental.